Adeus, ONU

Organização das Nações Unidas virou pó. Sua função de árbitro dos conflitos e avalista de ofensivas de estado já está esfacelada há décadas