Ricardo Noblat
Balanço das descobertas feitas até aqui pela CPI da Covid-19

Faltam mais de 70 dias para o fim da CPI, mas o prazo deverá ser prorrogado por mais 90 dias. Pazuello irá depor nesta quarta-feira

CPI da Covid

Duas semanas, não mais do que duas semanas, bastaram para que a CPI da Covid-19 no Senado ouvisse de meia dúzia de depoentes a revelação de fatos que confirmam a incúria do governo do presidente Jair Bolsonaro no combate à doença.

General, ministro da Defesa discursa em manifestação bolsonarista

Braga Neto sobe em carro de som em Brasília e diz que as Forças Armadas estão prontas para garantir a volta ao trabalho dos brasileiros

Bolsonaro em manifestação a favor de seu governo, na Esplanada

Quando o presidente da República diz, referindo-se a Lula, que “eles tiraram da cadeia o maior canalha da história do país”, sabendo, como sabe Jair Bolsonaro, que quem tirou foi a mais alta Corte de Justiça, o que ele pretende com isso?

Rodrigo Maia só pensa em uma coisa: ser vice de Lula

De saída do DEM para o PSD de Gilberto Kassab, o ex-presidente da Câmara dos Deputados está disposto a apoiar Lula contra Bolsonaro

Ilustração para perfil do Rodrigo Maia

“Não pensa em outra coisa”, costumava dizer Antônio Carlos Peixoto de Magalhães, ou ACM como era chamado, senhor da Bahia entre os anos 1970 e 1990, sobre aliados e adversários que não conseguiam disfarçar o objeto de sua ambição.

STF reconhecerá o direito de Pazuello ficar calado na CPI, mas…

Mas, sob o juramento de só dizer a verdade, o ex-ministro da Saúde será obrigado a fornecer informações de utilidade pública

Hoje, ou no mais tardar até a próxima segunda-feira (17/5), o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do caso, concederá o habeas corpus preventivo pedido pela Advocacia-Geral da União (AGU) para que o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, não responda a perguntas dos senadores da CPI da Covid-19 que possam eventualmente incriminá-lo.

Bolsonaro caça votos no Nordeste à falta do que fazer em Brasília

Em Alagoas, chamou Lula de “ladrão de nove dedos” e Renan Calheiros de “vagabundo” e “picareta”. Quer distância dos desafios que seu governo

Collor e Bolsonaro

O silêncio barulhento que fez, anteontem, quando depunha à CPI da Covid-19 o contra-almirante Barra Torres, presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, que o contrariou, e sua verborragia, hoje, em viagem a Alagoas, depois do depoimento de Fábio Wajngarten, ex-Secretário de Comunicação do governo, dão a medida do momento difícil que Bolsonaro atravessa.

Kassab convida para entrar no seu partido quem quiser ir

O principal alvo do ataque especulativo disparado pelo ex-prefeito de São Paulo é o DEM, de onde ele saiu em 2011 para fundar o PSD

Inimigos, Gilberto Kassab, presidente do PSD, não tem. Aprendeu a lição que na política não existe jamais. Adversários, tem aos montes, mas poucos com quem não possa conversar.

Frases do dia
Charges
Enquetes
Últimas do Blog