Artigos
Pílulas da pandemia (por Tânia Fusco)

A vacina ainda é pouca. E negacionistas, abusados, seguem debochando e fugindo dela. Bordeando a beirada da terra plana

cápsulas e pílulas

Duas para segurar a pressão em 12/13.  Outras duas para ajudar a dormir. Mais uma para controlar a ansiedade. Vitamina C, D e E. Mais colágeno, cálcio e suco verde. Gelatina. Banho de sol.

Uma questão moral

Quem verdadeiramente preza os valores da cristandade deveria hoje estar em franca oposição a um presidente que desdenha da verdade e da vida

Editorial de O Estado de S. Paulo (15/6/2021)

O médico e o presidente (Por João Bosco Rabello)

O conflito não começou após a nomeação de Queiroga

Em campanha eleitoral aberta, o presidente Jair Bolsonaro trai a hesitação que o acompanha desde que as pesquisas de opinião estabeleceram relação de causa e efeito entre a oposição de seu governo às vacinas e a queda em sua aprovação.

2022: “Quem” ou “Para Quê”? (por Eduardo Fernandez Silva)

Precisamos de algo que seja uma versão século XXI do mote de JK, “cinquenta  anos em cinco”, que, é bom lembrar, baseava-se em metas claras

Há uma longa e danosa tradição em eleições no Brasil: discutimos “quem”, e não “para quê?” Enquanto for assim, o vencedor tomará posse compromissado apenas com o grupo que financiou sua campanha e “vendeu” seu nome à população. Nenhum compromisso com o País!

A pátria em chuteiras calça as pantufas dos isentões (por Xico Sá)

Bolsonaro festeja com chacota e seleção brasileira não vai além do minuto de silêncio protocolar

O presidente Jair Bolsonaro assiste ao jogo entre Brasil e Venezuela, na Copa América 2021

Conmenbol, confederação sul-americana de futebol, abriu a Copa América em Brasília apenas com uma lembrança tímida, quase protocolar, a respeito de uma pandemia que já matou quase 500.000 brasileiros. O principal avalista do torneio, o presidente Jair Bolsonaro festejou ao seu estilo fanfarrão: com uma foto nas redes sociais apontando para a logomarca do SBT, emissora dona dos direitos de transmissão dos jogos. O líder negacionista vestia uma camiseta do time do Brusque (SC) com propaganda da Havan, firma do empresário e apoiador Luciano Hang, um dos patrocinadores da transmissão na TV de Silvio Santos.

No país do turismo sexual, 78% se dizem conservadores (Cila Schulman)

Pesquisa exclusiva explora dois temas que estarão no centro do debate na sucessão de 2022, além da economia: religião e política

goias igrejas provocam aglomeração

No feriado da Páscoa de 1994, após se desincompatibilizar do Ministério da Fazenda para iniciar a campanha presidencial, Fernando Henrique Cardoso foi abordado pelos repórteres que faziam plantão em sua fazenda, em Buritis, perto de Brasília, para responder a uma pergunta que lhe perseguia. O candidato acreditava ou não em Deus?

Má companhia

Pesquisas mostram que a companhia bolsonarista prejudica as Forças Armadas e aumenta o estrago para os desmoralizados partidos e políticos

Presidente Jair Bolsonaro durante enentos com militares brasileiro

Editorial de O Estado de S. Paulo (13/6/2021)

O Pau-Brasil e os cupins (por Gustavo Krause)

No Brasil, a frequência das crises é um estado de normalidade. O que assusta é a superposição de crises agravada pela Covid-19

Na biblioteca Wiedener, Harvard, a palavra “crise” está mencionada em 23.600 livros, segundo Adam Przeworski (Crises da Democracia. Ed. Schwartz: Rio de Janeiro, 2019), autor da célebre frase “Ama a incerteza e serás democrático”.

Últimas do Blog