Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Spotify se irrita com Harry e Meghan por não produzirem conteúdo

Seis meses se passaram desde o anúncio do acordo milionário com o Spotify e, até então, Meghan e Harry só fizeram um episódio de 35 minutos

atualizado 18/06/2021 12:13

Meghan Markle e príncipe HarryMax Mumby/Indigo/Getty Images

Em dezembro, o príncipe Harry e a mulher, Meghan Markle, anunciaram o lançamento de uma série de podcasts gratuitos em parceria com o Spotify. O contrato dos duques de Sussex com a gigante do streaming ficou avaliado em 18 milhões de libras, o equivalente a R$ 125 milhões em cotação atual. Seis meses se passaram desde a assinatura do acordo e, até então, o casal só produziu um episódio de 35 minutos, o que despertou a atenção dos executivos da empresa, conforme apurou o tabloide The Sun.

A falta de produção levou os especialistas reais a questionarem se os duques de Sussex assumiram trabalho “demais”. Comentarista de assuntos da realeza, Phil Dampier disse ao jornal The Sun que quem pagou muito dinheiro ao casal “espera algo em troca”. É o caso do serviço de streaming. Ao que tudo indica, as empresas ainda terão de esperar um tempo, afinal, fontes revelaram que Meghan e Harry tiraram uma licença de 20 semanas em razão do nascimento da segunda filha, Lilibet Diana, no último dia 4.

A única produção do casal foi lançada no Natal de 2020, publicada com o nome Archewell Audio. Na ocasião, eles conversaram com o cantor Elton John e o comediante James Corden. No episódio, o primogênito de Harry e Meghan, Archie, desejou aos ouvintes “um feliz Ano-Novo”. À época, a criança estava com 1 ano e 7 meses. Em março, os duques de Sussex concederam uma entrevista à apresentadora Oprah Winfrey e revelaram que os acordos com as gigantes do streaming “nunca fizeram parte dos planos”.

0

Além do Spotify, os duques de Sussex selaram um contrato milionário com a Netflix. Na entrevista à Oprah, eles confessaram ter decidido aceitar os convites por precisarem de dinheiro para pagar pela própria segurança. O casal teve os auxílios financeiros cortados após abdicar dos cargos seniores na realeza no início de 2020. Ao deixarem o Reino Unido, Harry, Meghan e o filho, Archie, foram para o Canadá e perderam a proteção custeada pela Coroa britânica. Atualmente, a família vive em Santa Bárbara, nos EUA.

Meghan e Harry têm vários projetos simultâneos, enquanto o neto da rainha Elizabeth II soma aos compromissos um emprego em uma startup no Vale do Silício, nos Estados Unidos. Na avaliação de Phil Dampier, os duques de Sussex podem “ter muito com o que se preocupar” depois de fecharem negócios antes do nascimento de Lilibet Diana. Para o especialista real, a notícia da licença-paternidade de cinco meses do príncipe não deve ter sido ouvida com alegria pelos executivos das empresas com as quais Harry firmou contratos comerciais.

Meghan Markle, príncipe Harry e Archie
O casal com o filho Archie em uma turnê real

Nos últimos meses, desde o bate-papo com Oprah Winfrey, Harry deu as caras em várias entrevistas, inclusive em The Me You Can’t See, programa de saúde mental da Apple TV+. Dampier vê a atitude dos duques de Sussex como de usar “material” sem necessidade: “Eles parecem estar gastando muita munição muito cedo e lançando assuntos por aí em termos de negócios e acordos com diversas empresas”.

Guru de relações públicas, Mark Borowski acredita que os episódios do podcast de Meghan e Harry podem ter sido pré-gravados e deverão ser lançados ao longo do ano. Do ponto de vista do expert em RP, o Spotify não cortará os duques de Sussex da grade por lucrarem com a imagem dos ex-integrantes da família real: “Mesmo que os programas ainda não tenham se materializado, é uma situação ganha-ganha para o Spotify ter duas das pessoas mais famosas do mundo conectadas a eles”.

“Ter acabado de ganhar um bebê e lidar com a Covid-19 também pode explicar o atraso”, analisou Borowski. Segundo o guru de RP, a situação turbulenta com a gigante do streaming poderia ser evitada se o casal não controlasse totalmente a produção. Chefe de assuntos globais e diretor jurídico do Spotify, Horacio Gutierrez afirmou em um evento digital que esperava que o podcast de Meghan e Harry atraísse mais usuários para o serviço e, consequentemente, levaria os ouvintes a acompanhar outros programas.

Príncipe Harry, Meghan Markle e Oprah Winfrey
Entrevista de Harry e Meghan a Oprah Winfrey. À época, a duquesa de Sussex estava grávida de uma menina
Príncipe Harry com Meghan Markle e Archie
Foto de Harry, Meghan e Archie para anunciar que a família aumentou
Príncipe Charles, Camilla Parker, rainha Elizabeth, Meghan Markle, príncipe Harry e William
Meghan e Harry não integram mais a família real britânica

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias