Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Lilibet: saiba por que o nome da filha de Harry está causando polêmica

Uma especialista real explicou o motivo do nome escolhido pelos pais da bebê ser considerado polêmico

atualizado 07/06/2021 12:19

Meghan Markle e príncipe HarrySamir Hussein/Samir Hussein/WireImage/Getty Images

Quem acompanha a família real estava à espera da notícia do nascimento da filha de Harry e Meghan Markle. A menina veio ao mundo na sexta-feira (4/6), mas a boa-nova só foi revelada dois dias depois, no domingo (6/6). Ao comunicarem a chegada da bebê, os duques de Sussex anunciaram o nome dela, Lilibet Diana Mountbatten-Windsor. A primeira alcunha faz homenagem à avó do pai da criança, a rainha Elizabeth II. O nome era o apelido da monarca e, por isso, não pegou bem na Coroa britânica, segundo especialistas em realeza.

Ao The Sun, a biógrafa real Ingrid Seward afirmou que batizar a criança de Lilibet é encantador, entretanto um pouco confuso, pois Harry e Meghan decidiram abdicar dos serviços no alto escalão da realeza em março de 2020. “É estranho que Meghan e Harry falem em entrevistas que não querem voltar para a família real e se afastar da realeza ao mesmo tempo que batizam a filha com o apelido íntimo da rainha”, destacou a autora. Ao ressaltar o raciocínio, a escritora contou um pouco da história do nome.

De acordo com Seward, Elizabeth não conseguia pronunciar o próprio nome durante a infância e apelidou-se de Lilibet. Anos depois, a princesa Margaret adotou a alcunha ao se referir à irmã. Desde então, tornou-se o nome pelo qual apenas alguns integrantes da realeza chamavam a futura rainha, por exemplo, os pais, o rei George VI e Elizabeth Bowes-Lyon. Mais tarde, quem passou a usar o apelido foi o príncipe Philip. Em cartas, ele chamava a amada, a rainha, de Lilibet.

0

“Era um nome pessoal. Era apenas para familiares e amigos próximos, não para qualquer pessoa fora do círculo restrito da realeza”, disse Ingrid Seward ao The Sun. Contudo, a autora acredita que a rainha Elizabeth ficou contente pelo fato do neto, o príncipe Harry, ter eleito o apelido para batizar a filha. A escritora revelou que nem os filhos da monarca — Charles, Anne, Andrew e Edward — a chamavam de Lilibet por ser um nome tão íntimo: “Ela era a mamãe ou a rainha para eles. Seus netos certamente nunca a chamavam de outra coisa senão do título oficial”.

Lilibet

Irmã de Archie, de 2 anos, Lilibet chegou quebrando outros protocolos. A menina é a primeira descendente da rainha a nascer fora do Reino Unido. Após a renúncia dos cargos seniores na realeza, os duques de Sussex se instalaram de vez nos Estados Unidos, mais precisamente em Santa Bárbara, cidade californiana. A maternidade escolhida por Meghan Markle para dar à luz foi o Hospital Santa Bárbara Cottage.

O nome eleito pelos pais da criança não homenageia apenas a soberana britânica, mas também a princesa Diana, que morreu em um acidente de carro em 1997. A alcunha da mãe do príncipe Harry vem depois de Lilibet. A segunda filha dos duques de Sussex ocupa a oitava posição na linha de sucessão do trono britânico.

O secretário de imprensa do duque e da duquesa de Sussex anunciou o nascimento da bebê com a seguinte mensagem: “É com grande alegria que o príncipe Harry e Meghan, o duque e a duquesa de Sussex, dão as boas-vindas à sua filha, Lilibet “Lili” Diana Mountbatten-Windsor, ao mundo”. O perfil do Instagram da rainha, o The Royal Family, felicitou o casal pela feliz notícia.

Princesa Diana e príncipe Harry
Príncipe Harry quando criança com a mãe, a princesa Diana
Meghan Markle e príncipe Harry
O casal não integra a família real
Meghan Markle, príncipe Harry e rainha Elizabeth II
As entrevistas de Meghan Markle e príncipe Harry abalam a realeza

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias