Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Cinco mentiras de Meghan e Harry que foram desmascaradas publicamente

Depois das revelações feitas por Harry e Meghan na entrevista dada a Oprah, pessoas próximas ao casal mostraram a verdade com provas

atualizado 01/04/2021 17:36

Príncipe Harry e Meghan MarkleAthena Pictures/Getty Images

A realeza não tem um dia de paz. Se depender dos tabloides, nem tão cedo os integrantes da Coroa britânica desfrutarão de instantes tranquilos. A imprensa deseja saber cada passo dado pelos membros da família real dentro e fora dos palácios, principalmente após a renúncia do príncipe Harry e de Meghan Markle dos cargos seniores. O rompimento dos duques de Sussex estremeceu as estruturas da monarquia e entrou para a história.

Passado um ano desde o anúncio da abdicação, Meghan e Harry decidiram colocar a boca no trombone e falar a “verdade” em entrevista à apresentadora Oprah Winfrey no início deste mês. Segundo a ex-atriz de Hollywood, mentiras foram contadas pelos veículos sobre o casal, que precisou ficar calado por ordens superiores. A duquesa de Sussex afirmou ter sido “silenciada para proteger outros membros da realeza”.

Ao fazer as confissões bombásticas, Harry e Meghan não imaginavam que seriam desmentidos “em rede internacional” com direito à divulgação de provas contundentes. Confira as mentiras que vieram à tona!

Dia do sim!

Nos primeiros minutos do bate-papo concedido a Oprah, Meghan Markle contou que casou secretamente com Harry três dias antes da cerimônia oficial, realizada em 19 de maio de 2018: “Chamamos o arcebispo e apenas dissemos, ‘olha, esse espetáculo é para o mundo, mas queremos a nossa união entre nós […] Só nós dois, no nosso quintal’”. O religioso em questão é Justin Welby. Nesta quarta-feira (31/3), o arcebispo de Canterbury conversou com o jornal italiano La Repubblica.

Príncipe Harry e Meghan Markle
Príncipe Harry e Meghan Markle se casaram em 2018

Na ocasião, Welby tentou esclarecer o assunto de uma vez por todas: “O casamento legal foi no sábado. Assinei a certidão de casamento, que é um documento legal, e teria cometido um crime grave se a tivesse assinado sabendo que era falsa”. Em seguida, o religioso acrescentou ter se reunido com os duques de Sussex antes do matrimônio diversas vezes de modo particular. “Se algum de vocês falar com um padre, espera que ele mantenha essa conversa em sigilo. Não importa com quem estou falando”, completou.

Antes do arcebispo se manifestar, o ex-secretário do Escritório do Corpo Docente Stephen Borton afirmou que os duques de Sussex não firmaram o compromisso matrimonial três dias antes do enlace oficial. Ao The Sun, o profissional que redigiu a licença da união chamou Meghan de “confusa” e “mal informada”. O tabloide britânico teve acesso à certidão de casamento original. A declaração mostra que as formalidades ocorreram no dia 19 de maio de 2018, no Castelo de Windsor.

Príncipe Harry e Meghan Markle
Em conversa com a apresentadora Oprah, o casal contou ter selado a união três dias antes de forma secreta
“Farsa”

Segundo o The Sun, o profissional provou que o suposto enlace secreto foi uma “farsa”. “Você não pode se casar com apenas três pessoas. Não é uma cerimônia válida”, argumentou. Ao avaliar a situação, o oficial acredita que os dois trocaram alguns votos simples e disseram as palavras na frente do arcebispo: “Mais provavelmente, foi um simples ensaio”.

Um dia após o ex-secretário desmentir Meghan e Harry, um porta-voz da realeza confirmou a teoria de Stephen Borton. Embora não tenha se identificado, a fonte anônima da Coroa desmentiu a duquesa de Sussex sobre o enlace particular. Ao tabloide The Daily Beast, o funcionário da família real explicou que o casal apenas “trocou os votos” antes da cerimônia pública, realizada no Castelo de Windsor.

Príncipe Harry, Meghan Markle e Oprah Winfrey
Foto de Harry, Meghan Markle e Oprah Winfrey na entrevista bombástica
Titio

Eis a questão: quem fez quem chorar? No primeiro bloco da conversa com Oprah Winfrey, a duquesa de Sussex revelou que se debruçou em lágrimas após uma atitude da concunhada, Kate Middleton. Até a confissão, a imprensa tinha divulgado o contrário, ou seja, Meghan Markle que havia feito a mulher do príncipe William chorar. A discussão entre as concunhadas ocorreu devido ao uso de meia-calça pelas damas de honra no dia do casamento de Meghan e Harry.

Por ser a noiva, a duquesa de Sussex venceu o embate e as meninas ficaram sem usar o acessório. No sábado (27/3), o tio de Kate Middleton Gary Goldsmith concedeu entrevista ao Daily Mail. Na ocasião, aproveitou o espaço para “detonar” a mulher do príncipe Harry ao chamá-la de manipuladora. Ele defendeu a sobrinha com unhas e dentes. Na avaliação do familiar, as alegações feitas pela duquesa de Sussex “simplesmente não são da natureza” da mãe de George, Charlotte e Louis.

“Eu não culpo Meghan, ela é uma estrela de Hollywood. Você não pode culpar um tigre por arrancar a cabeça de uma ovelha com uma mordida. […] Não acredito em uma palavra que sai de sua boca. Ela é uma atriz e sabe como manipular seu público”, disse Gary, irmão da mãe de Kate, Carole Middleton.

0
Passaporte

No decorrer da entrevista, Meghan lembrou que quando entrou para a família real precisou entregar o passaporte. Ela comentou ter visto o documento quando deixou a Inglaterra, em março de 2020. Entretanto, a ex-atriz nascida em Los Angeles foi desmascarada em mais um tópico. Nos 20 meses em que atuou como duquesa de Sussex, a estrela da série Suits desembarcou em vários países, ou seja, para viajar dependia do uso do registro. Ao longo do período, ela ganhou o carimbo da Itália, Holanda, França e dos Estados Unidos.

Meghan Markle
Meghan viajou para Nova York com o objetivo de ver a partida da tenista Serena Williams em um torneio, em 2019. Elas são amigas
Carteira de motorista

A rainha Elizabeth II é a única integrante da família real que não é legalmente obrigada a portar carteira de motorista para dirigir, o mesmo vale para o passaporte. A soberana pode viajar sem o documento. Meghan Markle citou ter entregue a habilitação quando integrou a realeza. Entretanto, os outros membros da família real volta e meia são flagrados no comando do volante. Por exemplo, Philip, William e Kate Middleton. Com a revelação, os súditos se questionaram sobre as personalidade da monarquia infringirem a lei enquanto pilotam um carro.

0
Guerra de irmãs

Meia-irmã de Meghan, Samantha Markle não gostou do que ouviu na entrevista bombástica dada pelo casal Sussex, em especial sobre a relação das duas. “A verdade foi totalmente ignorada e omitida”, declarou ao programa de tevê Inside Edition. Em determinado momento, Oprah Winfrey perguntou à ex-atriz de Hollywood a respeito do livro publicado por Samantha, intitulado O Diário da Irmã da Princesa Pushy. A mulher de Harry comentou ter crescido como “filha única”. Ambas são filhas do mesmo pai, Thomas Markle.

Ao tomar conhecimento dos “absurdos” da irmã, Samantha a desmentiu com provas: “Não sei como ela pode dizer ‘não a conheço’ e era filha única. Nós temos fotografias ao longo de nossa vida juntas. Como ela pode não me conhecer?”, questionou. Nas participações em programas de televisão, a escritora aproveitou o espaço cedido para mostrar imagens ao lado de Meghan, um deles na formatura da autora. O clique contradiz o comentário da duquesa de Sussex sobre ter visto a familiar há 19 anos. A colação de grau ocorreu em 2008.

Samantha e Meghan Markle_2
Meghan na formatura de Samantha em 2008

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias