Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Meghan “cegou” Harry e casal vive em uma relação tóxica, dizem fontes

Ex-funcionário real avaliou que Harry está se destruindo em entrevistas e que a mulher dele, Meghan Markle, o deixou “cego”

atualizado 25/05/2021 14:22

Príncipe Harry e Meghan MarkleChris Jackson/Getty Images

As entrevistas concedidas pelo príncipe Harry não deixaram apenas os integrantes da família real indignados, mas também fontes próximas à dinastia Windsor. Ex-mordomo da realeza, Paul Burrell demonstrou não aprovar os comentários polêmicos ditos pelo duque de Sussex em conversas transmitidas pela televisão. À revista Closer, o ex-funcionário avaliou que o neto da rainha Elizabeth II está se destruindo e que a mulher dele, Meghan Markle, o deixou “cego”.

Na quinta-feira (20/5), o príncipe compartilhou experiências traumáticas no programa sobre saúde mental The Me You Can’t See, comandado por Oprah Winfrey na Apple TV+. Dias antes, o duque de Sussex deu outra entrevista polêmica, no caso, ao podcast Armchair Expert, do ator Dax Shepard. Nos dois bate-papos, ele criticou o pai, o príncipe Charles, e a realeza. Em março, Harry e Meghan estremeceram as estruturas da Coroa britânica ao fazerem revelações bombásticas envolvendo alegações de racismo, suicídio e desamparo.

Observações

Paul Burrell trabalhou como mordomo da mãe de Harry, a princesa Diana. Ele conheceu o caçula de Lady Di aos 3 anos. Ao observar o cenário turbulento entre a realeza e o casal Sussex, o ex-colaborador acredita que a única pessoa capaz de impedir o príncipe de continuar com as informações incendiárias é Meghan Markle. À Closer, ele contou que a ex-atriz cegou o marido com sua beleza e com o brilho do mundo de Hollywood.

Príncipe Harry e Meghan Markle
O ex-mordomo disse que Harry está cego por causa de Meghan

“Agora só Meghan pode impedi-lo de dar essas entrevistas, causar mais danos e destruir a si mesmo. Ele não vai se curar se continuar fazendo isso, vai só piorar a situação a longo prazo. E, honestamente, não tenho ideia de quando ele vai parar”, lamentou o ex-mordomo. De acordo com Burrell, a mãe de Harry, a princesa Diana, ficaria orgulhosa da decisão do filho, mas triste por ele brigar com os parentes, inclusive o pai, Charles, e o irmão, William.

Na avaliação do ex-funcionário, Diana ficaria com o coração partido ao ver a que ponto chegou o rompimento dos duques de Sussex com a Coroa britânica: “Ela não só ficaria arrasada por Harry ser cortado da família mas também desaprovaria que ele acabasse com a realeza”. Paul Burrell acrescentou: “Ela gostaria que o filho parasse de lavar roupa suja e vivesse uma vida tranquila e privada, focada nos filhos”.

0
Polêmicas

No programa The Me You Can’t See, Harry “colocou a boca no trombone” ao confessar alguns traumas vivenciados. Dentre as revelações, o marido de Meghan Markle acusa o pai, o príncipe Charles, de intimidar ele e o irmão, William. O duque de Sussex não culpa totalmente o primogênito da rainha pelas falhas paternas. Entretanto, sugeriu que o futuro rei do Reino Unido foi educado de maneira igual, difícil e fria, o que deu a entender que também atacou a criação dada por Elizabeth II e príncipe Philip aos filhos.

O maior baque vivido por Harry foi a morte da mãe, a princesa Diana, em 1997. À época, ele tinha 12 anos. Lady Di não sobreviveu a um acidente de carro. Na entrevista, o duque de Sussex confessou ter se envolvido com drogas e álcool para curar a perda. O príncipe quase reviveu a mesma experiência com a mulher, Meghan Markle. Ela tinha pensamentos suicidas e, apesar de ter tentado, disse que não ter recebido ajuda da família real. O casal, então, optou por buscar independência e liberdade longe da monarquia.

0
Lenha na fogueira

Ativista conservadora norte-americana, Candace Owens usou a conta no Twitter para expor seu ponto de vista sobre as últimas alegações do duque de Sussex. Segundo a comentarista política, o príncipe vive uma relação tóxica com Meghan e culpa a ex-atriz de Hollywood por abalar as estruturas da realeza. Na avaliação dela, Harry precisa ser salvo da mulher com quem casou em maio de 2018 e tem dois filhos, Archie, de 2 anos, e uma menina que está prestes a nascer.

“Não posso dizer o suficiente que o príncipe Harry está em um relacionamento emocionalmente abusivo. Meghan o preparou para acreditar que ela é a sua mãe reencarnada, só que desta vez ele tem a chance de salvá-la”, escreveu Candace Owens. No mesmo tuíte, a ativista política afirmou ser perturbador assistir às entrevistas do duque de Sussex. “Por favor, pare de colocar câmeras nele”, completou.

Candace não ficou em apenas um tuíte. Em outra publicação, a comentarista compartilhou os motivos que a levaram a concluir que o príncipe precisa ser liberto das rédeas de Meghan. “Ele está completamente isolado da família e do país, e acredita que tem que estar para salvar sua mãe de ser morta novamente. Esses são sinais claros de abuso emocional e transferência freudiana. Oprah honestamente precisa parar agora”, postou.

Príncipe Harry e Meghan Markle
Último compromisso de Harry e Meghan na realeza, em março de 2020
A favor e contra

Com mais de 2,7 milhões de seguidores no Twitter, Candace recebeu críticas por atacar os duques de Sussex sem necessidade, bem ao estilo de quem escreve o que quer, também lê o que não quer. “Por favor, pare de culpar Meghan, tagarelando sobre pequenas questões, e se importe com a monarquia britânica. Para ser justo, Meghan também estava em uma posição semelhante à de Diana”, escreveu um defensor do casal.

“Candace, sou seu fã, mas você está começando a atacar só por atacar. Ninguém sabe o que se passa a portas fechadas. Esteja você correta ou não, esta é uma afirmação muito grave e que pode causar danos”, comentou um admirador da ativista. Seguidores alegaram que a obsessão da comentarista por Meghan e Harry é “perturbadora de assistir”, além de questionarem o diploma de psiquiatra de Candace por fazer tais considerações.

Meghan Markle, príncipe Harry e rainha Elizabeth II
Meghan Markle, príncipe Harry e rainha Elizabeth II

Há quem tenha concordado com a análise de Candace Owens e colocado mais lenha na fogueira. “Ele [Harry] precisa de ajuda. É muito triste o quanto ela o isolou da família. Isso não é saudável. Oprah está apenas lucrando com este desastre de trem lento”, escreveu um apoiador. Uma crítica dos duques de Sussex abordou até separação: “Em cinco anos, eles vão se divorciar. Ela vai tomar a metade do dinheiro dele. Tenho certeza de que era o plano desde o início”.

O produtor de tevê Nick Bullen revelou que o príncipe William ficou assustado com a quantidade de comentários negativos do irmão, Harry, a respeito da vida na realeza. O desejo dos membros da dinastia Windsor é que o duque de Sussex pare de abordar a família real nas entrevistas. “Tenho certeza de que eles querem apenas um momento de calma e [dizem]: ‘Não vamos ter mais manchetes. Um período em que ninguém fale.”

Príncipes Harry e William
Os irmãos Harry e William não vivem o melhor momento da boa convivência
Kate Middleton e príncipe William, Meghan Markle e príncipe Harry com príncipe Philip
Primeiro Natal de Meghan Markle na família real, em 2018
Príncipes Harry e William
Os irmãos Harry e William estão brigados. Eles são filhos de Diana com o príncipe Charles

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias