Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Haja coração! Veja o que a rainha disse a Harry antes de ele renunciar

A rainha Elizabeth teve uma conversa sincera com o neto. Ela convidou o príncipe Harry a fim de dar um recado importante

atualizado 14/05/2021 14:11

Rainha Elizabeth e príncipe HarryChris Jackson/Getty Images

Um ano após ter renunciado ao cargo no alto escalão da Coroa britânica, Harry continua a estremecer as estruturas da família real. A última? Afirmar que nascer na realeza é como viver em um zoológico. A declaração foi feita durante participação no podcast Armchair Expert, do ator Dax Shepard. Diante de mais um “abalo sísmico” gerado pelo duque de Sussex, o portal Express recordou quais foram as últimas “comoventes” palavras ditas pela rainha Elizabeth II ao neto, antes de ele sair de vez da realeza, e especulou o porquê da raiva do príncipe.

O Express usou como referência o livro Finding Freedom (Encontrando a Liberdade, em tradução do inglês), lançado em 2020. Escrito pelos especialistas em família real Omid Scobie e Carolyn Durand, a biografia sobre Harry e Meghan Markle revelou que, depois de o casal anunciar o veredito aos súditos, muita água rolou entre a avó paterna e o neto. Um assessor da monarquia contou aos escritores que Elizabeth e Harry tiveram um almoço informal em março. Na ocasião, os títulos de rainha e príncipe foram deixados de lado.

“Não havia títulos, era apenas avó e neto”, afirmou a fonte. De acordo com os escritores, o encontro lembrou os velhos tempos, quando Elizabeth costumava ficar sentada na sala de jantar do próprio apartamento no Castelo de Windsor. A rainha fez questão de convidar o neto para almoçar. Ela queria ter uma conversa franca com Harry antes de ele cumprir os compromissos finais no Reino Unido.

Rainha Elizabeth e principe Harry
Avó e neto tiveram uma conversa sincera antes dele renunciar ao cargo na família real

“Enquanto eles comiam um lanche, a rainha deixou claro para Harry que ela sempre o apoiaria em qualquer decisão que tomasse”, disse o assessor real. No dia seguinte, a monarca encerrou o assunto ao dizer que o neto é “muito amado e sempre será bem-vindo de volta”. Na avaliação dos experts em realeza, as últimas alegações do duque de Sussex no podcast de Dax Shepard ferem principalmente Elizabeth, que se mostrou estar à disposição do neto.

Capítulos

Em fevereiro, a rainha Elizabeth II e Harry tiveram uma conversa harmoniosa por telefone, conforme noticiou o jornal The Mirror. No bate-papo, a monarca disse estar encantada pelo neto “ter encontrado a felicidade” e que “só queria o melhor para ele e sua família”. De acordo com a fonte do tabloide britânico, o duque de Sussex prometeu não fazer algo para constranger os familiares. “Isso diz respeito a seguir em frente”, endossou o informante.

Comentarista de assuntos reais, Robert Jobson criticou o duque de Sussex pelos recentes comentários. “Então, o príncipe Harry não só jogou o pai debaixo do ônibus, mas também jogou a rainha e o avô falecido, por causa do estilo deles”, escreveu no Twitter. Ele classificou as ações do príncipe como um “comportamento sem vergonha”. “Continuar insistindo nisso está ficando constrangedor”, acrescentou o especialista.

0

No livro Finding Freedom, os escritores Carolyn Duran e Omid Scobie destacaram que a rainha Elizabeth II “ainda é uma das mulheres mais importantes da vida” de Harry. Em março, o príncipe e a mulher, Meghan Markle, colocaram a boca no trombone, ao fazerem revelações incendiárias sobre a realeza em uma entrevista à apresentadora Oprah Winfrey. No bate-papo bombástico, o duque de Sussex confessou ter uma ótima relação com a avó e a chamou de “incrível”.

Segundo os especialistas, quando Harry ataca a família, acaba por afetar a avó Elizabeth, mesmo ela tendo se declarado e apoiado a decisão da renúncia. Também expert em realeza, Kate Nicholson avalia que as mágoas não foram curadas por parte do casal Sussex. Um dos motivos para o ressentimento seria a perda do status. “A rainha estabeleceu, no ano passado, uma série de regras que impediram Harry e Meghan de usar a palavra real em algum trabalho ou qualquer um dos títulos de patrocínio real, uma vez que estavam fora do sistema do Palácio”, explicou a jornalista.

Príncipe Harry
Príncipe Harry atuou no serviço militar britânico
“Golpe”

Kate Nicholson acredita que o maior golpe para Harry ocorreu em fevereiro, quando a monarca retirou o casal dos patrocínios reais. Dias antes, os duques de Sussex haviam confirmado que não tinham a intenção de integrar novamente a Coroa britânica. Por conta do veredito, Harry perdeu os três cargos militares honorários, incluindo um que herdou do avô, o príncipe Philip.

Comentarista da realeza, Charlie Lankston defende que o duque de Sussex sofreu quando a rainha removeu suas três condecorações militares. “Realmente é o que o machuca mais desistir dos títulos que trabalhou tão duro para conseguir em primeiro lugar. Harry tem um grande amor pelos militares. Ele ficou arrasado quando precisou deixar o serviço ativo há muitos anos”. Na entrevista à Oprah, o príncipe salientou: “Eu estou ferido, mas, ao mesmo tempo, respeito totalmente a decisão da minha avó”.

Harry mantém o título de príncipe por ter nascido com esse status, pois é filho do herdeiro direto do trono britânico. Em relação à denominação duque de Sussex, ele pode usar, já que o ducado foi um presente de casamento da rainha ao neto e à esposa dele, Meghan Markle. Por essa razão, a nomeação não foi removida.

Rainha Elizabeth, Meghan Markle e príncipe Harry
Rainha Elizabeth, Meghan Markle e príncipe Harry
Rainha Elizabeth e principe Harry
Especialistas reais criticam Harry pelos comentários negativos sobre a realeza
Batizado Archie
Príncipe Philip e rainha Elizabeth “babam” Archie no colo da mãe, Meghan Markle. Harry e Doria Ragland, avó materna do bebê, também participam do momento

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias