Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Volta de Harry e aposentadoria da rainha: o que esperar da realeza em 2021?

Após investigação, antecipamos alguns dos eventos que prometem movimentar a vida dos integrantes da família mais vigiada do mundo, em 2021

atualizado 15/01/2021 20:49

Família real britânicaJames Devaney/FilmMagic/Getty Images

Em 2020, a realeza britânica ficou reclusa, em razão da pandemia de coronavírus. Cada núcleo familiar se recolheu em seu respectivo “palácio” e os eventos tradicionais foram cancelados. O confinamento, entretanto, não impediu a rainha Elizabeth II e parentes de protagonizarem polêmicas quase que diariamente. Anunciada em janeiro do ano passado, a renúncia dos duques de Sussex, príncipe Harry e Meghan Markle, deu start nos episódios que estremeceram os pilares da família real.

Atenta a todos os passos da realeza, a coluna Claudia Meireles fez uma investigação de alguns episódios, a serem realizados em 2021, que prometem movimentar os integrantes da família mais vigiada do planeta. Homenagens e comemorações especiais não faltarão. Confira o que está para acontecer no ano da rainha e de seus familiares, enquanto escândalos, especulações e boas-novas não ganham as manchetes.

Aniversário da rainha

Os brasileiros amam brincar com a idade de Elizabeth II. Em perfis de memes, sem dúvidas, você encontrará alguma montagem com fotos da rainha e a palavra imortal. Mas, de fato, quantos anos a soberana britânica completará em 2021? Exatos 95. Embora tenha nascido em 21 de abril de 1926, ela só comemora a chegada da nova primavera dois meses depois, como manda a tradição datada de 1748. A monarca festeja o aniversário no Trooping the Colour, evento a ser realizado sempre em junho.

Por conta da pandemia, a rainha não pôde receber as saudações dos súditos em 2020, o que torna a futura celebração ainda mais especial. O evento ocorre anualmente desde 1820, com algumas exceções, diante de mau tempo. Em março, o palácio de Buckingham publicou um comunicado em que cancelou a cerimônia, pois seria necessário limitar o número de pessoas envolvidas e proteger os membros da realeza pertencentes ao grupo de risco da Covid-19, como Elizabeth II, príncipe Charles e sua esposa, Camilla Bowles.

Apresentam-se no Trooping the Colour 200 cavalos e 1,4 mil soldados na Horse Guards Parade. Parte do público assiste ao evento nas arquibancadas, enquanto outras milhares de pessoas optam por reverenciar os integrantes da realeza nas ruas de Londres. No evento, um dos momentos mais aguardados pela soberana é o trajeto feito em carro aberto, durante o qual cumprimenta e recebe os parabéns dos súditos.

Rainha Elizabeth II
Rainha Elizabeth II apagará as velinhas de 95 anos
Visitinha especial

O príncipe Harry e a mulher, Meghan Markle, deixaram as obrigações reais em 31 de março. Desde então, o casal e o filho, Archie, de 1 ano, não pisaram mais na Terra da Rainha. O distanciamento entre avó e neto, contudo, está prestes a ter um ponto-final – ou melhor, um próximo capítulo. Segundo o jornal The Sunday Times, Elizabeth II chamou os duques de Sussex para a cerimônia de seus 95 anos no Trooping the Colour. Dada a importância da celebração, espera-se que eles aceitem o convite.

Desde a renúncia dos cargos seniores da realeza, Meghan e Harry moram em Santa Barbara, na Califórnia. Antes, eles passaram um tempo no Canadá. A decisão do casal sobre a independência da monarquia não alegrou o restante da família, sobretudo o príncipe William. De acordo com os tabloides, os filhos da princesa Diana ficaram meses sem se falar. Entre o Natal e o Ano-Novo, eles deixaram as diferenças de lado, conforme revelou a especialista em realeza Katie Nicholl. Os irmãos conversam por videoconferência.

Será o Trooping the Colour a ocasião perfeita para a família reunir-se como ocorria antes do Megxit (termo dado à abdicação dos duques de Sussex)?

Meghan Markle e príncipe Harry
Meghan Markle e Harry no Trooping the Colour de 2019. Será que o casal irá à cerimônia de 2021?
Aniversário de Philip

Não é todo dia que se comemora 100 anos. Marido de Elizabeth II, o príncipe Philip completará o centenário no dia 10 de junho, data próxima ao Trooping the Colour. O evento é importante para a família real; no entanto, fontes confirmaram que o duque de Edimburgo não quer uma grande comemoração: “Ele é um aniversariante relutante”, disseram ao The Telegraph. Dependendo das restrições devido à pandemia, um almoço deverá ser organizado somente aos familiares mais próximos.

Caso aceite o convite da soberana britânica, Harry também participará da celebração do aniversário do avô, como nos velhos tempos. Em 2017, o duque de Edimburgo se aposentou de suas obrigações reais após quase 70 anos. Ele e a esposa, a rainha, vivem no castelo de Windsor, em Berkshire. Se, para alguns casais, a pandemia foi sofrida, por passarem mais tempo juntos, Philip e Elizabeth II redescobriram a alegria dos primeiros anos de relacionamento durante a quarentena.

Desde a aposentadoria, ele morava em um casarão em Norfolk, ao norte da Inglaterra. No isolamento, o duque de Edimburgo resolveu juntar-se à amada. Com 73 anos de casados, eles são pais de Charles, Anne, Andrew e Edward.

0
Fim do reinado?

A rainha Elizabeth II assumiu o trono em 1952 e foi coroada um ano depois. Há quase sete décadas como líder da coroa, ela pretende se aposentar este ano e ceder o cargo ao primogênito, o príncipe Charles. Quem deu a notícia foi o especialista em família real Robert Jobson, em entrevista ao programa The Royal Beat, em novembro. De acordo com as informações do escritor, a soberana deverá passar os comandos da monarquia ao herdeiro após o seu aniversário.

O príncipe de Gales já expôs várias vezes que não irá suceder à matriarca. Caso mantenha o posicionamento de não assumir o trono britânico, Charles passará o domínio ao seu filho mais velho, o príncipe William, de 38 anos. Casado com Kate Middleton, o provável futuro rei é pai de George, Charlotte, e Louis – de 7, 5 e 2 anos, respectivamente. Quem ficará com a coroa?

Rainha e herdeiros do trono sentados em foto oficial
A rainha posa com seus herdeiros diretos, William, Charles e George
“Princesa do povo”

Ícone de estilo e símbolo da filantropia, a princesa Diana faria 60 anos em 1º de julho, se não tivesse morrido em um acidente de carro em 1997. À época, a mãe de William e Harry tinha 36 anos. Em todas as oportunidades possíveis, os irmãos prestam homenagem à falecida matriarca. Em tributo à Lady Di, os príncipes encomendaram a produção de uma estátua da princesa. No dia do aniversário dela, a escultura será instalada no Sunken Garden, um dos jardins do palácio de Kensington, residência oficial dos duques de Cambridge, William e Kate Middleton.

“Nossa mãe tocou tantas vidas… Esperamos que a estátua ajude todos que visitam o palácio de Kensington a refletir sobre sua vida e legado”, disseram os príncipes William e Harry no comunicado oficial sobre a estátua. Em 2020, a vida de princesa Diana deu o que falar na quarta temporada da série The Crown, da Netflix. Ela será tema do filme Spencer, estrelado pela atriz Kristen Stewart. A produção contará o fim conturbado do casamento de Lady Di com o príncipe Charles, primogênito da rainha.

0
The Crown

Falando no seriado que aborda os dramas da realeza britânica, The Crown terá mais duas temporadas, a quinta e sexta – para desespero dos familiares da rainha Elizabeth II. Criador do programa, Peter Morgan confirmou a notícia em julho. Até então, não foram anunciadas as datas de estreia dos novos episódios. A confirmação depende dos desdobramentos da Covid-19. As filmagens estavam previstas para começar durante o verão europeu. Caso as gravações não ocorram, os telespectadores terão de dar o play na série somente no fim de 2022. Não assistiu à trama? Confira o trailer!

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias