Escritor revela por que a rainha Elizabeth II deverá se aposentar em 2021

Aos 94 anos, a monarca pretende ceder o comando do reino ao filho mais velho no ano que vem

atualizado 04/11/2020 19:20

Realeza britânicaDivulgação/Getty Images

Há mais de 60 anos à frente da realeza britânica, a rainha Elizabeth II pretende ceder o cargo ao filho mais velho, o príncipe Charles, em 2021. A decisão da aposentadoria é baseada na idade avançada da monarca, atualmente com 94 anos. A informação foi divulgada pelo especialista real e escritor britânico Robert Jobson, durante o programa televisivo The Royal Beat.

Segundo Jobson, Elizabeth II pretende passar o comando depois de seu próximo aniversário, em 21 de abril. Na visão do repórter Jack Royston, também presente na atração, a escolha de abrir mão do reinado se relaciona com o sentimento de Charles também estar em idade avançada, com 72 anos, e ainda não ter tido a chance de governar.

“Ela chegará a um ponto em que entregou tudo para Charles e, então, como você olha seu filho nos olhos e lhe diz que ele não vai ser rei?”, indagou o jornalista.

0

A rainha Elizabeth está no comando do país desde 1956, como a primeira monarca feminina. Ao fim de seu reinado, o trono passa a ser de Charles, príncipe de Gales, que já alegou que não sucederá a mãe no comando da nação britânica, dando lugar à William.

No entanto, não se sabe qual será o posicionamento do príncipe de Gales ao receber o trono com a mãe ainda em vida.

Últimas notícias