Dermatologista dos famosos dá dicas para a harmonização facial durar mais

Gabriela Pugliesi, Luísa Sonza, Giovanna Antonelli, Caio Castro e Neymar confiam nas mãos do especialista em harmonização Ivan Rollemberg

atualizado 27/07/2020 12:00

Dermatologista Ivan Rollemberg com Gabriela Pugliesi, Caio Castro e Luisa Sonsa @dr.ivanrollemberg/Reprodução/Instagram

Desde o boom em solo brasileiro, em 2019, a harmonização facial tornou-se um dos procedimentos estéticos mais procurados por realçar a beleza do rosto. O interesse pela intervenção refletiu em uma ferramenta de pesquisas do Google. No ano passado, houve um aumento de 540% nas buscas sobre o método se comparado a 2018.

A procura incessante pelo procedimento tem várias justificativas. A primeira é conquistar a face dos sonhos com naturalidade. A segunda, os adeptos. Famosos aderiram à harmonização e, ao mostrarem a “nova” versão de si, enalteceram o método não cirúrgico. Em algumas personalidades, o resultado da intervenção chega a impressionar pela diferença.

Ao longo da quarentena, as pessoas mergulharam em um mar de informações sobre autocuidado. Se for necessário “mexer” em alguma parte do rosto para sentir-se mais confiante ao olhar-se no espelho, elas o farão com satisfação. A mudança de comportamento impactará na busca por métodos estéticos, o que inclui a harmonização facial.

A coluna Claudia Meireles conversou com o dermatologista Ivan Rollemberg, considerado o queridinho dos famosos. Em seu consultório na Human Clinic, em São Paulo, costumam transitar a influencer Gabriela Pugliesi, o cantor Gusttavo Lima, o jogador Neymar, a modelo Ana Beatriz Barros, a cantora Luísa Sonza e o ator Caio Castro que, recentemente, levou a namorada, a atriz Grazi Massafera.

Grazi Massafera e dermatologista Ivan Rollemberg
A mais nova paciente do dermatologista, a atriz Grazi Massafera

Durante a entrevista, o especialista em harmonização explicou o procedimento, responsável por atenuar os sinais de envelhecimento. Ivan ainda recomendou o que pode ser feito em casa para que a intervenção estética tenha maior durabilidade. Em cada atendimento, o dermatologista revela levar em conta dois pontos fundamentais: a autoestima e a felicidade de cada paciente.

“Harmonização é entender a essência, analisar o todo, compreender o objetivo de cada um, com sensibilidade somar todos os fatores e trazer mudanças sutis que sejam efetivas, mas que não altere as características da pessoa”, ressalta o médico. Atualmente, entre os procedimentos mais requisitados pelos pacientes está o fox eyes (olhar de raposa, em tradução do inglês). O método consiste em elevar a lateral da sobrancelha e deixar o olhar mais atraente.

Outra intervenção demandada é a associação de fios de sustentação PDO (fios de polidioxanona) com preenchedores. “Criei a técnica chamada Beauty Lift. Nela, consigo resultados melhores que em procedimentos realizados separadamente”, garante Ivan.

Dermatologista Ivan Rollemberg com Gabriela Pugliesi
A musa fitness Gabriela Pugliesi só confia nas mãos do dermatologista

Diferente da cirurgia plástica, a harmonização integra procedimentos não cirúrgicos e pouco invasivos com o objetivo de rejuvenescer e embelezar o rosto do paciente. Na intervenção, o especialista busca equilibrar as medidas da face de modo que o paciente fique mais bonito de forma sutil, sem alterar as características.

A intenção é definir queixo, lábios e maçãs do rosto; combater a flacidez; e suspender o tecido da região da bochecha. De acordo com o dermatologista, os pacientes podem seguir com a rotina normal nos dias seguintes aos procedimentos. A dúvida frequente vem acompanhada de algumas contraindicações, como evitar a prática de atividade física, prevenir-se de traumas na área da intervenção estética e não dormir de lado.

A posição em que se dorme pode colocar a perder a harmonização facial. “O lado que dormimos costuma envelhecer mais rápido”, explica o especialista. Também contribui para a conservação dos métodos a rotina diária de cuidados com a pele.

Dermatologista Ivan Rollemberg com Giovanna Antonelli
Aos 44 anos, a atriz Giovanna Antonelli esbanja jovialidade. O segredo? Os cuidados e dicas sugeridas pelo especialista em harmonização facial

“Os cuidados com cosméticos e ativos adequados ajudam a manter a pele saudável e prevenir sinais de envelhecimento”, frisa o dermatologista. Tende a potencializar o efeito das intervenções (e também ampliar a durabilidade dos resultados) tecnologias dedicadas a melhorar o tônus da pele e promover a produção de colágeno, como os lasers e produtos indicados pelo médico.

Não basta somente focar nos cuidados com o rosto, sustenta Ivan. O paciente precisa manter hábitos saudáveis. Por exemplo, ter uma alimentação balanceada e ingerir a quantidade de água adequada. Em algumas situações, o uso de suplementos faz-se necessário, conforme prescrição do médico.

Segundo o especialista, cada procedimento tem um tempo de duração aproximado. Em geral, a toxina botulínica persiste de 4 a 5 meses; os fios de PDO, em média, 1 ano; e os preenchedores de ácido hialurônico entre 1 e 2 anos. Outro fator importante, que pode influenciar no tempo, é o paciente, pois as intervenções a serem realizadas são escolhidas de forma totalmente individual.

Harmonização facial
Processo de harmonização facial
Sobre o especialista

Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Ivan Rollemberg é graduado pela Faculdade Estadual de São José do Rio Preto (Famerp). Ele passou pelo Exército, atuando como tenente médico e especialista em saúde da família. Já atendeu em consultórios no Rio de Janeiro e São Paulo.

Atualmente, o médico coordena o AMWC Brazil, maior congresso de dermatologia estética e envelhecimento saudável da América Latina. Em seu currículo, há o ofício de CEO da Human Clinic, na capital paulista. Em São José do Rio Preto, ele faz atendimentos na Clínica Rollemberg, local fundado em 1929 pelo avô de Ivan. Anos depois, o endereço de beleza contou com o auxílio do pai do especialista, também médico.

Ivan ministra cursos para médicos na área de harmonização, face, fios, preenchedores, toxina, entre outros.

Dermatologista Ivan Rollemberg com paciente
O médico em um atendimento do procedimento fox eyes

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias