Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Dermatologista Caroline Anjo ensina segredos de como cuidar dos pés

Aprenda a fazer um spa dos pés em casa e saiba quais produtinhos auxiliam na hidratação

atualizado 06/07/2020 12:15

caroline anjoCortesia

Por mais que estejam cobertos em grande parte do dia, nossos pés são integrantes fundamentais em nosso corpo e merecem toda a atenção e cuidado. Que tal aproveitar o isolamento social para se dedicar ainda mais a esses membros fundamentais em nossa rotina por nos manter em pé e suportar impactos diariamente? A coluna Claudia Meireles conversou com a dermatologista Caroline Anjo sobre alternativas eficazes que melhoraram a saúde dos pés e maneiras corretas de hidratá-los.

Segundo Caroline, nossos pés costumam ressecar por estarem distantes do coração e, consequentemente, com “menor vascularização e hidratação sistêmica”, ensina.

Ela explica que, em algumas épocas do ano, há uma piora devido ao clima, fator que influencia diretamente no processo de ressecamento. “Climas mais secos ajudam ainda mais a nossa pele a perder hidratação para o meio externo”, informa.

pés

Alguns hábitos que acentuam esse fenômeno são a alta frequência de banhos quentes por dia, ou banho com água muito quente, e a falta de hidratação da região.

Portanto, a dermatologista sugere cremes para áreas bem ressecadas por, pelo menos, duas vezes ao dia, juntamente à oclusão, que nada mais é que cobrir o local com meia ou plástico filme ao dormir, por exemplo, pelo menos uma ou duas vezes na semana.

pernas-sainda-de-banheiro-e-velas-ao-fundo

Dependendo da intensidade do ressecamento dos pés, Caroline ensina que há a opção de fazer uma hidratação noturna mais intensa, utilizando um hidratante potente, como Bepantol Derma, Hipoglos, Cicaplast Baume ou Cicalfate.

“Quando o paciente aplica em toda a área dos pés, antes de dormir, e coloca uma meia ou envolve os pés em plástico filme, dura toda a noite”, frisa.

Ela acrescenta que qualquer óleo, como o de coco, amêndoas, girassol ou o Bio Oil, pode ser adicionado ao creme para potencializar o poder de hidratação.

produtos dermatologicos

mão e pé

Como fazer um spa para os pés em casa?

O passo a passo, segundo a especialista, consiste em escalda-pés, esfoliação e, por fim, a hidratação. Confira, a seguir, uma receita de escalda-pés de chá de camomila compartilhada pela médica:

receita de escalda pés de camomila

O óleo de amêndoas auxilia na hidratação e é muito bom para colocar em um escalda-pés. A camomila propicia relaxamento, aliviando o estresse e a ansiedade. Vale lembrar que esse ritual auxilia na redução do inchaço.

Embora a água quente desidrate a pele dos pés, não chega a ser um problema, já que não é uma medida feita diariamente. “O spa com água quente pode ser realizado, desde que os pés não fiquem por períodos muito prolongados em imersão (somente por 15 minutos), e que, após a imersão, seja feita uma hidratação vigorosa para restaurar a hidratação perdida por cerca de 5 a 10 minutos.”

Para completar o spa dos pés, misture mel e açúcar para esfoliar a pele. Ao final, hidrate.

maos e pes

Adeus, mau cheiro!

Para Caroline, pessoas que lutam contra os odores nos pés podem experimentar algumas mudanças, como manter os pés sempre secos e optar pelo uso de sapatos mais arejados e fabricados com tecidos que ajudam na ventilação. O talco antisséptico também é um grande aliado.

E lixar, pode?

Uma prática bastante comum em salões de beleza é o lixamento dos pés, atividade pouco recomendada pela dermatologista. “Não é correto lixar os pés. Isso pode deixar a pele ainda mais grossa, pois o corpo entende a prática como uma agressão. É como se você tirasse uma camada de proteção. Para se defender, ele forma uma pele ainda mais grossa”, alerta.

Em vez disso, use esfoliantes. Eles retiram a camada mais externa sem agredir a área, e ainda ajudam a hidratar.

Bolhas indesejadas

Segundo a especialista, as bolhas que surgem em nossos pés aparecem em decorrência do atrito contínuo em alguma região do membro, que pode ser devido ao uso de sapatos inadequados ou pisadas incorretas que fazem pressão em um só local do pé. Para evitar o aparecimento de bolhas, a dica é eliminar esse tipo de calçado e estar atento à forma de pisar o chão.

De olho nos pés

A dermatologista explica que idas ao podólogo podem ser feitas aproximadamente uma vez ao mês, mesmo que não haja nenhum problema específico, “pois o trabalho do podólogo deveria ser muito mais preventivo do que para tratamento”.

caroline anjo

Sobre a especialista

Caroline Anjo é formada em medicina na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo, e especialista em Dermatologia e Medicina Estética pelo Instituto BWS, também na capital paulista. Para entrar em contato, acesse o perfil @dracarolineanjo.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias