*
 

A um dia das eleições, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) segue sendo o candidato ao GDF mais rejeitado pela população da capital federal. Neste sábado (6/10), nova pesquisa Datafolha aponta que 48% dos entrevistados não votariam no aspirante à reeleição de jeito nenhum. Em relação à última sondagem, feita na quinta (4), o atual chefe do Executivo local viu sua rejeição cair um ponto percentual. Na ocasião, ele despontava com 49% de rejeição.

Chama atenção que o segundo lugar, que nas outras pesquisas vinha sendo ocupado por Alberto Fraga (DEM), agora passou a ser de Eliana Pedrosa (Pros), que acumula 40% de rejeição. O coronel reformado da Polícia Militar do DF aparece com 39% na lista dos menos queridos.

Na sequência aparecem Júlio Miragaya (PT), 27%; Rogério Rosso (PSD) (24%); Fátima Sousa (PSol) (20%); general Paulo Chagas (18%); Renan Rosa (PCO) (15%); Guillen (PSTU) (15%); e Alexandre Guerra (Novo) (16%). Isolado na preferência do eleitorado candango, seguindo o levantamento, Ibaneis Rocha (MDB) acumula 18 % de rejeição dos eleitores.

Votariam em qualquer um 1% dos eleitores ouvidos e 2% disseram não votar em ninguém; enquanto 5% não souberam responder.

A pesquisa, encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo, ouviu 2.089 eleitores de todas as regiões do DF, com 16 anos ou mais, entre 5 e 6 de outubro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. A sondagem está registrada no TSE com o número BR-06106/2018