Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Diretora do método de emagrecimento Ravenna explica tratamento on-line

Segundo Moema Soares, a plataforma Ao vivo com Você! chegou para ficar na clínica: "O método Ravenna entrou, de fato, no lar nos pacientes"

atualizado 21/05/2020 20:23

Balança, fruta e fita métricawebphotographeer/Getty Images

Com a pandemia do novo coronavírus, diversos segmentos precisaram se reinventar para continuar na ativa. Alguns serviços que atuavam de forma presencial passaram a ser realizados em ambiente virtual. É o caso do método de emagrecimento Ravenna que, recentemente, adaptou seu tratamento ao meio on-line. No Brasil, há três clínicas do famoso programa, criado pelo médico argentino Máximo Ravenna.

Salvador, São Paulo e Brasília são as capitais contempladas com unidades da técnica que visa a eliminação de peso de modo saudável e sem processos invasivos. Em solo verde-amarelo, os centros terapêuticos estão sob a direção da engenheira química Moema Soares.

Quando morou na Argentina, a empresária conheceu o método e tornou-se paciente em 2007. Com o tratamento, ela perdeu 47kg. Feliz com o resultado, Moema decidiu trazer o programa para sua terra natal.

De acordo com Moema, o método Ravenna é um tratamento interdisciplinar de emagrecimento, reconhecido por levar em consideração a subjetividade do indivíduo. Com o foco em reduzir o peso, o paciente precisa seguir um cronograma que une dieta, atividades físicas, reuniões com grupos terapêuticos e consultas de acompanhamento com profissionais.

Máximo Ravenna e Moema Soares
O médico Máximo Ravenna e Moema Soares

Antes do período de confinamento domiciliar, era necessário ir ao espaço físico da clínica para contar com o auxílio especializado. Com a nova estrutura montada – batizada de Ao vivo com Você!, o método Ravenna entrou, de fato, no lar nos pacientes na versão indoor. Para oferecer a qualidade do presencial no modelo virtual, a equipe técnica passou por ajustes, tendo como norte atender da melhor maneira às necessidades das pessoas em tratamento.

“Qualquer dificuldade e angústia, o paciente tem acesso à clínica dentro de casa. Detectamos durante as consultas e adaptamos ao que ele precisa no momento”, ressalta a diretora executiva. Médicos, nutricionistas, psicólogos e instrutores físicos aderiram à telemedicina. A alimentação balanceada é fornecida para quem precisa na opção delivery. Todos os atendimentos são feitos via plataforma digital.

A princípio, havia um receio sobre como manter um vínculo a distância com os pacientes, visto que a conexão entre as pessoas tratadas e especialistas contribui no processo de emagrecimento. Mas, a aceitação da plataforma on-line surpreendeu os profissionais. Um dos problemas enfrentados para marcar presença nos atendimentos era o deslocamento, principalmente em São Paulo. Por estarem em casa, os pacientes passaram a frequentar com regularidade às reuniões virtuais.

“Estamos com resultado melhor agora, mas tem relação em como eu me conecto ou não me conecto. Nós acompanhamos os pacientes de perto, bem próximo. Os índices deles estão excelentes, reduzindo bem e mantendo as metas estipuladas por mês”, afirma Moema.

Mulher praticando exercícios com celular na mão
De acordo com Moema, os resultados surpreenderam a equipe de especialistas
Método

Grupos no WhatsApp foram criados com pacientes das três clínicas, sem contar pessoas que aderiram ao tratamento em outros cantos do mundo, como França, Canadá e Estados Unidos. A equipe de nutricionistas levou em consideração variáveis para dividir os indivíduos em times. Os profissionais propõem práticas a serem realizadas ao longo da semana com o objetivo de gerar estímulo.

“Eles fazem o desafio da água para baterem a meta de beberem, no mínimo, 3 litros por dia. A hidratação é fundamental na vida de qualquer pessoa e colabora no tratamento”, reforça a engenheira química.

Emagrecer é um processo que altera o psicológico. Há pessoas que vivem a história da obesidade há anos e outras nunca tiveram o peso ideal. Elas acreditam não ser possível (e acessível) alcançar a meta na balança. Neste quesito, os psicólogos do método resgatam a determinação do paciente.

Moema conta que a equipe especializada consegue entregar uma previsão de data em que o indivíduo atingirá os quilos desejados: “Temos um histórico das variações de peso. A redução linear do peso durante o tratamento da mulher é de 5% a 7%. Enquanto dos homens fica entre 7% e 10%”. Nos atendimentos, os profissionais trabalham sobre como emagrecer irá contribuir na melhora da autoestima, autoconfiança e organização. “Esse é o efeito do método de emagrecimento Ravenna”, destaca a diretora executiva.

Atividade física na clínica Ravenna
Atividades em grupo para motivar os pacientes

Ao longo dos 11 anos de atuação no Brasil, a bioimpedância fez parte do tratamento referência em todo o país. Os pacientes eram submetidos ao exame, a cada 15 dias, para analisar a quantidade de massa muscular e gordura corporal. Como não dá para deslocar até a unidade da clínica, as pessoas em tratamento têm usado uma balança em casa sob o auxílio de um nutricionista do outro lado da tela.

Na consulta de nutrição, o paciente se pesa enquanto o profissional acompanha a medição para traçar as práticas a serem adotadas, como a atividade física. Com o início da quarentena, as aulas com os instrutores ocorriam por meio do Instagram. Dias depois, Moema decidiu que os treinos seriam realizados via YouTube. Visando contribuir com o bem-estar da população neste período de isolamento, a diretora executiva liberou os conteúdos ao público no canal da clínica.

Balança
As pessoas em tratamento têm usado uma balança em casa sob o auxílio de um nutricionista do outro lado da tela

Os professores seguem uma grade diária de modalidades. Dentre elas, alongamento, musculação funcional, ioga, pilatesgap dance. A intenção é perder gordura com exercícios totalmente orientados. As aulas ocorrem ao vivo na plataforma para que os pacientes expressem suas dificuldades sobre não conseguir repetir o movimento solicitado. Vale frisar que as atividades são adequadas a quem faz o tratamento e tem problema de mobilidade.

“Quem não consegue fazer a atividade em pé, os professores ensinam como executar na cadeira, dão várias opções, ficou muito interessante”, explica Moema. O canal Método Ravenna conta com mais de 300 aulas disponibilizadas gratuitamente. De acordo com a diretora, qualquer indivíduo pode reproduzir em casa pelo fato de os instrutores estarem atentos às restrições dos pacientes. Coloque uma roupa confortável, aperte o play e faça os exercícios do vídeo abaixo:

Coronavírus

Na análise de Moema, desenvolver a plataforma on-line foi uma forma de não abandonar os pacientes durante o momento conturbado da pandemia, visto que o sobrepeso e a obesidade são fatores de risco da Covid-19.

“Nós estamos com procura pelo método. O alerta da imprensa impactou quem estava com dificuldade de cuidar da saúde e de perder peso sozinho. Eles recorreram à clínica. Pacientes que já foram nossos também voltaram”, reforça a diretora executiva.

Moema explica que algumas pessoas tentaram compensar o isolamento com comida e bebida por meio de videoconferência com amigos. “Os pacientes comentam conosco sobre fazer happy hour por plataformas digitais”, conta.

Outro agravante é o fato de a família inteira estar confinada no mesmo espaço. Isso dificulta que apenas um membro mantenha o peso ideal devido à “vida em torno da mesa” ser uma forma de lazer. A reação das duas práticas de interação é o aumento considerável do peso, conforme frisa a engenheira química. A quem precisa fazer um controle alimentar, eliminar comidas prejudiciais à saúde sem uma estrutura de apoio torna-se complicado. O método Ravenna surge como uma opção.

Balança, haltere, fruta, fita métrica e garrafa de água
O paciente precisa seguir um cronograma que une dieta, atividades físicas, reuniões com grupos terapêuticos e consultas de acompanhamento com profissionais

“Se estiver em um meio em que dão importância em comer, só de estar em volta da mesa é difícil. Por isso, costumamos dizer: ‘Dar sentido ao que está fazendo’. Cuidar da saúde, do peso e fazer atividade física. Estar em um lugar que te lembre disso”, enfatiza a diretora executiva. O programa de emagrecimento proporciona um ambiente terapêutico para que o paciente possa ressignificar o papel da comida e sua postura diante da mesa.

No início do tratamento, há a eliminação de carboidratos simples e doces, por causarem compulsão alimentar. Frutas e alimentos integrais são permitidos. De acordo com Moema, há pacientes que nem sentem vontade de comer o que é liberado durante o tratamento, no qual ocorre uma melhoria nas taxas metabólicas do indivíduo.

“A perda de peso é eficiente porque é uma dieta de baixa calorias, levando o organismo a queimar sua própria reserva de gordura. Neste processo de combustão, o corpo dispara uma mensagem ao cérebro tornando a dieta não sofrível”, conta a engenheira química. Para criar a nova relação da pessoa com a alimentação, as refeições são fracionadas a fim de resgatar o ritual do comer bem. Em Brasília, a clínica conta com a Boutique Gourmet, espaço gastronômico onde são preparados pratos saudáveis, mas saborosos. Os quitutes podem ser entregues em casa na opção delivery.

Ao contrário dos pacientes que vivenciam a quarentena ao lado dos parentes, há quem esteja sozinho em casa e o tratamento no método Ravenna transforma-se em uma companhia. Nos grupos do WhatsApp, existe uma mobilização para escutar o outro sobre as etapas do programa e da vida. “Fico feliz de poder ajudar os pacientes nesta hora, sempre será nosso compromisso”, pontua Moema. Enquanto não podem frequentar o ambiente da clínica, os pacientes são mimados em casa com kits de chás, escalda-pés e máscaras faciais.

Kits de escalda-pés clínica Ravenna
Com os kits, a clínica promove ações de bem-estar em casa

Segundo a diretora executiva, o suporte Ao vivo com Você! chegou para ficar de vez nas clínicas do método Ravenna. “Somos muito conectados e ligados aos pacientes. Na realidade, o on-line tem sido uma grata surpresa. Prezamos pelos bons resultados deles e que fiquem bem, o que aparecer no decorrer do tratamento, como cuidados médicos, terapêuticos, orientação individual de atividade física. Seja qual for a dificuldade, ajustaremos conforme as necessidades”, finaliza.

Para mais informações sobre o tratamento, acesse o site da clínica Ravenna.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias