Apostas 2021: os restaurantes, chefs e tendências para ficar de olho no DF

Nomes da gastronomia brasiliense e a equipe que cobre o segmento pelo Metrópoles indicam o que merece estar no seu radar esse ano

atualizado 18/01/2021 14:03

Foto: Getty Images/Arte-Metrópoles

A gastronomia brasiliense começou o ano a todo vapor. Entre casas recém inauguradas e restaurantes com data marcada para abertura, alguns nomes se destacam e merecem entrar no radar em 2021. Chefs que trilharam um caminho único na cena gourmet da capital, casas que prometem movimentar o mercado com propostas diferenciadas, tendências que vão permear o ramo. Para saber no que ficar de olho, o Metrópoles também convidou quatro nomes relevantes para o segmento para apresentarem suas apostas do ano.

A jornalista Luciana Barbo, o professor e crítico Guilherme Lobão, a editora Su Maestri, a foodie Natália Jorge e os apaixonados por gastronomia Danielle e Rodrigo Pimenta responderam a três questões. Nós queríamos saber (1) qual o chef para ficar de olho em 2021, (2) qual casa merece uma visita esse ano, e (3) o que vai bombar na cidade quando o assunto é comportamento e alimentação. As respostas você confere abaixo, e já aproveita para anotar as recomendações que valem o passeio e o delivery.

Luciana Barbo

A jornalista é especializada em gastronomia e acompanha o mercado de alimentação fora do lar há mais de 17 anos. Veja suas apostas:

“Eu ficarei de olho nos chefs Diego Badra e Igor Janiques, do restaurante Conca Cozinha Original. A forma com que eles escolhem, pesquisam e trabalham os ingredientes instiga cada vez mais a minha curiosidade. Fora que são de uma humildade ímpar, o que é bem necessário para quem escolhe servir os outros.

Uma casa para conhecer é o Sagrado Mar, inaugurado em 2020. Admiro muito o trabalho do chef Marco Espinoza, que está sempre inovando. Nesta casa, ele trabalha os frutos do mar na parrilla, técnica que exige bastante precisão, para que os pescados não fiquem rígidos nem desmanchem. O tom defumado dos preparos torna cada mordida mais surpreendente.

Em 2021, acredito que surgirão mais casas despojadas e abertas. A Covid-19 acelerou a vontade de ocupar a rua e nos obrigou ao afastamento, então a minha aposta é por eventos e estabelecimentos ao ar livre, com comida boa e preços acessíveis”, finaliza Lu Barbo.

0

 

Guilherme Lobão

Jornalista, crítico, professor e pesquisador de Comunicação e Gastronomia, Lobão é doutorando da Universidade de Brasília (UnB). Atua como consultor gastronômico e diretor educacional da Escola de Humanas, instituição na qual ministra o curso on-line Comida de Pensar. Veja o que estará no seu radar:

Acompanharei o Matheus Zanella. Com o projeto sazonal Mesa para Doze, que ganhava corpo em Brasília até o surto da Covid-19, Zanella avançou na proposta de uma gastronomia sazonal, consciente e de estreita e respeitosa relação com o produtor. Para este ano, ele começa com um projeto (ainda em fase de desenvolvimento) que virá carregado de conceito, sempre privilegiando uma gastronomia sustentável e responsável com criatividade. Fiquem de olho nele. É um cozinheiro de ideias e atitudes.

A Santuária, casa comandada pela chef Bela Marconi e localizada na 216 Norte, merece entrar no foco do brasiliense. Café de formato híbrido, com opções de lanches, drinques e refeições. Ele usa a expertise da gastronomia profissional para reverenciar o velho modo de comer: comida de casa, afetiva, com compromisso com a sazonalidade e os insumos regionais. E o mais interessante: DNA brasileiríssimo.

Sobre o que vai bombar na gastronomia local esse ano, acredito que uma aposta certeira está nos espaços físicos híbridos. Sobretudo aqueles que preveem um ambiente ao ar livre e operam com logística e cardápios melhor estruturados para atender à demanda do take-out e do delivery. Será um grande momento para os pequenos negócios se diversificarem, incluindo lojinhas de produtos, de antepastos a vinhos”, pontua Guilherme Lobão.

0
Su Maestri

Sueli Maestri é editora do portal Vinho Capital Eno & Gastrô. Formada pela Associação Brasileira de Sommelier – (ABS/DF), The Wine & Spirit Education Trust – (WEST),  International Sommelier Guild (ISG), é jurada internacional do The World’s 50 Best Restaurants e Latin America’s 50 Best Restaurants. Saiba para onde ela apontará seu olhar na cena brasiliense:

“Minha aposta está em um chef talentosíssimo, ainda pouco conhecido no circuito gastronômico da capital, mas que em São Paulo já marcou seu nome na lista dos grandes cozinheiros. Trata-se de Giovanni René, sócio de duas casa em Brasília, o Genèse, onde é chef executivo, e o 360 Sandwich, ambos no Noroeste. Giovanni teve passagem por restaurantes de peso, como A Casa do Porco, eleito melhor restaurante do Brasil em 2020 e 4ª colocado na oitava edição do Latin America’s 50 Best Restaurants, e La Casserole, além da atuação como souschef e braço direito de Érick Jacquin. Em 2021, Giovanni, que é formado pela escola Le Cordon Bleu de Paris, inaugurará sua primeira casa em São Paulo, o Chaos.

Na contramão das estatísticas desanimadoras, empresários e chefs com grande dose de empreendedorismo vem desafiando os prognósticos  e apostando em novos projetos gastronômicos. Esse é o caso do chef Gil Guimarães que abrirá até final de janeiro um complexo gastronômico já batizado de Praça Nove (309 Norte), que unirá em um só espaço várias operações como a Casa Baco, Frank´s Dog, Parrilla Burger e Hop Capital. A conferir!

Em 2021, vai bombar um novo formato de operação, que dispensa grandes investimentos e sequer portas abertas ao público. As denominadas Dark Kitchens (cozinhas obscuras ou cozinhas fantasma), necessitam de baixo investimento e possuem estrutura exclusiva para atender pedidos de delivery”, registra Su.

0

 

Natália Jorge

Brasiliense e servidora pública, Natália Jorge é cozinheira e influenciadora assumidamente foodie. Participou da edição do Masterchef de 2019 e, desde então, produz conteúdo com dicas culinárias e gastronômicas no Instagram e em seu site, o Comida de Comer.

“Acompanharei de perto a Duda Patriota, chef confeiteira e padeira, que fez a alegria dos quarenteners com seu delivery de cookies, tortinhas amanteigadas e cestas de quitutes. Em 2021, ela abrirá um espaço físico unindo o mundo dos cafés especiais à boa confeitaria. A casa, que ainda não teve seu nome divulgado, está prevista para inaugurar em fevereiro, na Asa Norte.

A casa que o brasiliense precisa conhecer é o Superquadra Bar. Comandado pelo chef e assador profissional Tonico Lichtsztejn, o local vai além da cerveja gelada e esbanja afetividade com a galinhada servida em pratinho fundo esmaltado e coberta por um ovo frito. Além do cupim que derrete na boca e o clássico sanduíche de pastrami, todo feito artesanalmente na casa. O espaço físico é aberto e arejado e funciona aos sábados e domingos.

Além da continuação de algumas tendências de 2020, como as comidas afetivas e os alimentos facilmente transportáveis, acredito que 2021 será também o ano dos espaços abertos e colaborativos, como o Infinu. E da gastronomia mais informal e descompromissada. Meu desejo é que, com as dificuldades ao comércio internacional, voltemo-nos mais para os produtos artesanais e sazonais, para os vinhos nacionais e naturais e para a gastronomia de território”, finaliza Natália.

0
Instagram Onde Comer Brasília

Comandado pelos funcionários públicos e apaixonados por gastronomia Danielle e Rodrigo Pimenta, o Onde Comer Brasília foi fundado em 2016. A proposta do instafood é divulgar tudo de melhor do cenário gastronômico da capital, para todos os bolsos e gostos, de caviar à coxinha. A página conta com mais de 212 mil seguidores.

“A chef que destacamos em 2021 é a talentosa Catarina Freire, à frente dos restaurantes Nakombi e Southside. Conhecemos o trabalho dela desde que ela começou no ramo de confeitaria e ela vem nos surpreendendo e quebrando paradigmas.

A casa que vale a pena visitar, e acredite, você vai querer voltar, é o Moê Café, localizado na quadra 305 Sul. Aconchegante, o café oferece métodos de cafés variados e um cinnamon roll maravilhoso.

Em 2021, apostamos que os restaurantes mais visados serão aqueles que seguirão com as medidas de segurança estabelecidas na pandemia. Se sentir seguro segue sendo essencial. Sobre tipos de local, acreditamos que o amor dos brasiliense pelo universo dos cafés continuará em alta”.

0
Recomendações da casa

A equipe de gastronomia do Metrópoles também fez suas apostas. O colunista e chef André Rochadel (@andre.rochadel) exalta uma mulher que impacta o mundo, mesmo que seja um pouquinho, através da cozinha. “Com sua confeitaria, a chef Renata Dias prova que o veganismo não é só planta”, destaca. Renata é chef patisserie e oferece opções de bolos, biscoitos, brownies e salgados 100% veganos. A repórter Beatriz Queiroz (@beatriz.tqueiroz) eleva um novo nome da capital, o chef Anthony Soares, a frente do recém inaugurado Xamam, especializado em carne de porco. “A comida dele é excelente, tem sabor e criatividade. Mais do que isso, ele tem uma proposta muito interessante de dar visibilidade para toda a equipe que cozinha com ele”, pontua.

Outra grande expectativa para 2021 é a chegada do italiano Piselli a Brasília. A marca paulista abrirá seu primeiro ponto fora de São Paulo e escolheu a capital para expandir. A inauguração está prevista para o mês de maio, no shopping Iguatemi, no ponto do antigo Gero. Já na lista de tendências está a aproximação do mar e do campo. A repórter Giulia Roriz (@giuliaroriz) acredita que “o clima que remete a praia, com gostinho de litoral” vai ganhar força e será uma possibilidade de matar a saudade para aqueles que permanecem no centro do país.

Segurança em primeiro lugar 

O Metrópoles reconhece que o momento é delicado e merece cuidados especiais para prevenir o contágio da Covid-19 em famílias de clientes e funcionários de todos os estabelecimentos listados nesta matéria.

Reiteramos que é necessário esforço redobrado para que a saúde coletiva seja preservada. Todos os locais escolhidos pela reportagem para a composição deste roteiro estão seguindo as normas de segurança estabelecidas pelo Governo do Distrito Federal (GDF).

Serviços

Casa Baco
SGCV Sul, Lotes 12/22, AE, Guará (Shopping CasaPark). Telefone (61) 3879-9680. De segunda a sexta, das 12h às 15h30 e das 18h à 23h; sábado e domingo, das 12h às 16h30 e das 17h à 23h.

Conca Cozinha Original
413 Norte. Reserve pelo Whatsapp: (61) 98303-1717. De terça a sábado, das 19h às 22h. A casa está em recesso até fevereiro. Informações também pelo site www.concacozinhaoriginal.com.br.

Duda Patriota
Entregas e retiradas de quinta a sábado. Encomendas pelo site https://www.goomer.app/duda-patriota.

Genèse Restaurante
CLNW 10/11, Bloco C Lojas 7 e 8, Ed. NEO Residências – Noroeste. Telefones: (61)3968-1333 ou (61)98318-7180. De terça a sexta, das 12h às 15h e das 19h às 23h; sábado, das 12h às 16h e das 19h às 23h; domingo, das 12h às 17h.

Infinu
506 Sul, Bloco A, Loja 67 – procure pela praça. De terça a domingo, das 10h às 22h. Mais informações no perfil do Instagram @infinubsb.

Mesa pra Doze
Menu em cinco etapas a R$ 139, por pessoa. Serviço apenas mediante reserva. Mais informações no perfil do Instagram @mesapradoze.

Moê Café
305 Sul, Bloco B, Loja 5. Telefone: (61) 99376-1332 ou (61) 3797-4991. De terça a sexta, das 13h às 20h; sábado, das 9h às 19h; domingo, das 9h às 15h.

Parrilla Burger
408 Sul, Bloco D, Loja 1. Telefone: (61) 3547-4398. De terça a domingo, das 18h à 23h. Delivery todos os dias no almoço e no jantar.

Sagrado Mar
SHIS QI 17, Bloco G, Sala 201 – Ed. Fashion Park – Lago Sul. Telefone: (61) 3202-3256 ou (61) 3201-5156. De terça a sábado, das 12h às 15h30 e das 19h às 23h; domingo, das 12h às 15h30.

Santuária Café Bar
216 Norte, Bloco C, Loja 76. Telefones: (61) 3547-9100 ou (61) 99151-6311. De terça a sexta, das 12h às 22h; sábado, das 12h às 20h.

Southside
407 Sul. Telefone: (61) 3541-3722. De terça a quinta das 12h às 15h e das 19h à 23h; sexta das 12h às 15h e das 19h à 23h; sábado das 12h às 16h e das 19h à 23h e domingo das 12h às 16h e das 19h à 23h.

Superquadra Bar
404 Norte, Bloco B, loja 44. Telefone: (61) 98316-2064. Sábado e domingo, das 10h30 às 17h.

Últimas notícias