Rolou na 5ª: EUA preterem Brasil para OCDE e óleo venezuelano

TRF4 reduz 51 dias da pena do petista José Dirceu em uma das condenações na Operação Lava Jato

Alan Santos/PRAlan Santos/PR

atualizado 10/10/2019 22:24

Os Estados Unidos não vão apoiar a entrada do Brasil na Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Econômico (OCDE), pelo menos nesse momento. A Argentina é a candidata de Donald Trump. O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, teria rejeitado o pedido de discutir a entrada do Brasil no clube dos países mais ricos do mundo, ambição do atual governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Leia mais:

A Venezuela nega ter relação com o óleo encontrado em ao menos 139 praias do Nordeste brasileiro. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, chegou a levantar suspeitas sobre um “navio estrangeiro”, enquanto o presidente Jair Bolsonaro declarou ter “quase certeza” que o petróleo tem origem em um “ato criminoso”.

Em comunicado à imprensa, a estatal Petróleos de Venezuela S. A. (PDVSA) declarou “rechaçar categoricamente” as suspeitas, que chamou que “infundadas”. “Não existe evidência alguma de derrame de óleo cru dos campos petroleiros da Venezuela que pudessem haver gerado danos no ecossistema marinho do país vizinho”, diz.

Veja:

Também foi notícia:

Últimas notícias