Dicas de exercícios e alimentação para viver uma vida saudável e sem neura

Não deixe a ansiedade comprometer a sua saúde na quarentena

Em meio a tantas incertezas que a pandemia tem ocasionado, veja sugestões simples e aplicáveis no cotidiano

atualizado 16/04/2020 12:26

Mulher meditando enquanto deixa de lado o laptopIstock

Estamos vivendo uma crise que impacta a nossa vida diária. A pandemia de coronavírus obriga a nos reorganizarmos. Quem poderia imaginar, há alguns dias, que seríamos surpreendidos por um vírus que nos faria ficar em casa e parar as nossas atividades rotineiras?

Todos nós estamos lidando com o desconhecido, com um novo cenário: pessoas com tempo demais, preocupações em excesso e tranquilidade de menos.

Estar em quarentena nos traz muitos desafios e aprendizados. Muitos relatam dificuldade em lidar consigo mesmo. Ter tempo para olhar para o que sentem, fazem e buscam – e tomar consciência disso – pode ser perturbador.

Uma das consequências é deixar de cuidar da saúde, comendo de maneira inadequada e em excesso. Para complicar, ainda assim, continuam sedentários.

Uma boa alimentação interfere diretamente na sua saúde e autoestima.

Vou listar algumas sugestões para você implementar no cotidiano. São formas de aprender a lidar com a ansiedade em meio a tantas incertezas que o momento tem ocasionado.

Cuidado com o excesso de informações

O ideal é evitar manter os noticiários da televisão ligados o dia todo. Isso pode gerar muita angústia e pânico. Procure separar um período do dia no qual irá se informar sobre o que está acontecendo. Siga em frente com outras atividades.

Aproveite para ler um livro e assistir filmes

Essas atividades têm o poder de nos transportar para outras realidades, te levando para outro lugar e desconectando da realidade por algumas horas. Serviços de streaming e editoras estão liberando filmes, séries e livros neste período. É, portanto, uma maneira barata e simples de trabalhar a sua ansiedade.

A solidariedade é outro quesito que vai te fazer muitíssimo bem

Use um pouco do seu tempo para ajudar as pessoas do grupo de risco, como os idosos, precisam de uma atenção especial nesse período. Essa atitude fará você ter a certeza de que está fazendo a sua parte nesta luta.

Seja a pessoa que leva boas notícias

Compartilhe casos de recuperação e de boas ações que estão acontecendo no mundo todo. A positividade faz um bem enorme, tanto para quem envia quanto para quem recebe.

Aproveite seu tempo de maneira enriquecedora

Escreva, pinte, desenhe, cante. Todas essas atividades são a expressão do que você pensa e sente, e podem te ajudar a se livrar da angústia e do medo. Encare desafios!

0

 

A rotina é muito importante

Criar uma rotina dentro de casa é possível e essencial nesse momento. Crie horários de trabalho, intervalos, refeições e também tenha momentos de lazer e descanso. A rotina é muito importante para organizar a sua mente. Está na suas mãos fazer com que estes dias sejam os mais saudáveis possíveis.

Exercícios físicos tem um papel fundamental

O exercício é uma excelente maneira de combater o estresse, a ansiedade e a depressão. Além disso, também melhora a autoestima, a qualidade do sono e a concentração.

Além dos aplicativos de treinos, muitos profissionais também estão oferecendo aulas on-line gratuitas. No geral, qualquer atividade física irá te beneficiar.

O poder da respiração

A respiração é poderosa, pois é capaz de diminuir os níveis de ansiedade. Já percebeu como ela fica ofegante quando você está nervoso e tenso? E que, nos momentos de ansiedade, ela fica curta e muito rápida? Com técnicas simples, você pode aprender a controlar a sua respiração e lidar com a ansiedade.

A respiração deve ser feita utilizando a musculatura do diafragma, ou seja, por meio da movimentação do abdômen.

A respiração diafragmática funciona de maneira simples: coloque uma mão no abdômen e a outra no peito, mantendo os ombros eretos; respire profundamente pelo nariz, levando o ar até o diafragma (abdômen) e não permitindo que ele se limite apenas até o peito; expire pela boca. Repita o processo de maneira lenta de seis a 10 vezes.

Outra técnica é a respiração alternada pelas narinas, que ocorre da seguinte maneira: pressione a narina direita com o polegar direito; inspire o ar pela narina esquerda de forma profunda; segure a respiração por alguns segundos e depois pressione a narina esquerda para expirar pela direita. Vá repetindo o processo ao contrário.

Seja forte. Não deixe o momento difícil te colocar em situações piores. Se desafie e se comprometa com você mesmo!

Últimas notícias