The Voice Brasil: primeiras batalhas têm disputas entre técnicos

Lulu Santos, Michel Teló e Ivete Sangalo brigaram entre si por candidatos eliminados do time da novata Iza

Fabiano Battaglin/GshowFabiano Battaglin/Gshow

atualizado 20/08/2019 23:49

A primeira rodada de batalhas no The Voice Brasil foi marcada por disputas entre técnicos por candidatos eliminados do time de Iza: Michel Teló, Ivete Sangalo e Lulu Santos brigaram para levar a seus times cantores que não passaram pelo crivo da carioca.

No caso da batalha entre os amigos Aaron Modesto e Willian Kessley, na qual Aaron levou a melhor, os três técnicos usaram o “peguei”, mas Teló foi bloqueado pelos outros dois colegas. Entre Lulu e a Ivete, Willian acabou optando pela baiana. Para esta apresentação, Iza escolheu Morena, de Vitor Kley: a dupla colocou os quatro jurados para dançar.

Artur Meninea/Gshow
Willian Kessley e Aaron Modesto

Outra dupla escolhida por Iza, Edyelle Brandão e Élri El apresentaram uma versão de The Closer I Get To You, de Roberta Flack. Os quatro jurados se rasgaram em elogios e, quando a carioca optou por manter Edyelle no time, Teló e Lulu brigaram por Élri, que acabou escolhendo o sertanejo.

Do time Ivete, Catarina Rosa e Clara Castro se uniram ao som de Mais Ninguém, da Banda do Mar. Ivete escolheu Catarina para seu time. Em seguida, Carol Coutas e Dan Abranches apresentaram Try, de Janis Joplin. Lulu Santos escolheu o cantor capixaba para continuar em seu time.

A primeira apresentação do time Teló ficou por conta de Samuel Marques e Fernando Junior, com Coisa de Pele, de Jorge Aragão. Samuel foi o escolhido pelo sertanejo. Do time Ivete, Larissa Marinonio e Samara Alves disputaram uma vaga com Best Part, de Daniel Caesar. A baiana escolheu Samara e, segundos antes do fim do tempo, Iza pegou Larissa para seu time.

Os próximos episódios vão mostrar outras 26 batalhas. Cada técnico tem direito a três “peguei” e os bloqueios seguem valendo. Ao final, serão 44 participantes na etapa seguinte, com 11 para cada técnico.