Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Meghan Markle está prestes a lançar linha de beleza. Saiba detalhes

A mídia especula se Meghan irá aventurar-se no mercado de beleza. Flagraram a duquesa de Sussex em atitudes que fazem alusão à empreitada

atualizado 06/10/2021 11:39

Meghan MarkleMax Mumby/Indigo/Getty Images

Ícone de tendências, seria Meghan Markle a próxima magnata da beleza, assim como Rihanna, Kim Kardashian e Kylie Jenner? De acordo com as imprensas britânica e norte-americana, a duquesa de Sussex está prestes a lançar a própria linha de cosméticos. Ela foi flagrada várias vezes em visita à casa do cofundador de uma empresa de marketing de beleza, a Guthy-Renker, na cidade californiana de Carpinteria.

A mídia especula se a ex-atriz de Hollywood irá se aventurar no mercado de beleza. Entre fevereiro e março, Meghan marcou presença na casa do executivo diversas vezes. Na ocasião, esteve acompanhada do marido, o príncipe Harry, e da mãe, Doria Ragland. Segundo o Daily Mail, os duques de Sussex voaram em um jato particular da empresa de cosméticos durante a recente viagem do casal por Nova York.

0

Quando a notícia que os duques de Sussex teriam usado o avião privado da Guthy-Renker veio à tona, a imprensa passou a especular se Meghan poderia estar prestes a lançar a própria linha de cosméticos. Ela seguirá os passos de outras personalidades como Cindy Crawford, Jennifer Lopez e Heidi Klum. Atualmente, a empresa de marketing de beleza vale US$ 500 milhões, o equivalente a R$ 2,7 bilhões.

Entretanto, a Guthy-Renker acumula algumas polêmicas, por exemplo, multas por práticas ilegais. A empresa precisou pagar US$ 26 milhões, o mesmo que R$ 143 milhões, após uma ação coletiva movida por clientes. Eles alegaram que os xampus da marca provocaram queda de cabelo. Outra questão envolve a linha de tratamento para acne, a Proactiv. Proibidos no Reino Unido, os produtos são considerados enganosos.

Meghan Markle
A duquesa de Sussex passeou por Nova York
Família real

Ex-atriz de Hollywood, Meghan ingressou em diversos segmentos desde a saída da realeza britânica, em março de 2020. Ela lançou um livro e, com o marido, firmou acordos com a Netflix e o Spotify. Os contratos com as gigantes de streaming atingiram a casa dos milhões. Quem está prestes a tornar-se escritor é o príncipe Harry, para dor de cabeça da Coroa britânica.

O príncipe se prepara para publicar um livro de memórias no ano que vem. Conforme descreve o Daily Mail, a edição funcionará como um “ataque” à família real. A imprensa especula que o neto da rainha Elizabeth irá revelar o nome do “racista real”, no caso, integrante da dinastia Windsor que fez um comentário sobre o “quão escura” seria a pele do filho de Meghan e Harry.

Para escrever o livro de memórias, Harry recebeu um adiantamento de 15 milhões de libras, o equivalente a R$ 112 milhões. O tabloide britânico também revelou que o duque de Sussex tem pesquisado detalhes da vida da mãe, a princesa Diana, para lançar um novo projeto sobre ela. Ele entrou em contato com amigos de Lady Di.

Príncipe Harry e Meghan Markle
Harry e Meghan firmaram acordos milionários

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias