metropoles.com

Inglês diz ser filho bastardo do rei Charles e Camilla: “Tenho provas”

Simon Dorante-Day, de 56 anos, faz reivindicações a respeito da paternidade desde 1990. Ele exige a realização de teste de DNA

atualizado

Compartilhar notícia

Getty Images e Facebook/Reprodução
Rei Charles, Simon Dorante-Day e Camilla Parker_2
1 de 1 Rei Charles, Simon Dorante-Day e Camilla Parker_2 - Foto: Getty Images e Facebook/Reprodução

Os integrantes da dinastia Windsor estão no epicentro de diversas tretas, como a fúria do príncipe Harry e Meghan Markle pela perda do status real dos filhos. No entanto, pouco se fala de um babado da realeza que, recentemente, voltou à tona e impressiona os súditos que desconhecem o caso. Com 56 anos, Simon Dorante-Day afirma ser filho do rei Charles III e da rainha consorte Camilla Parker Bowles. Em entrevista ao canal australiano 7News, ele destacou ter “provas para confirmar as alegações”.

Simon não aproveitou que o suposto pai se tornou rei do Reino Unido para dizer que é o herdeiro escondido do casal à frente do trono britânico. Desde 1990, o inglês faz reivindicações a respeito da paternidade e maternidade, mas foi em 2018 que ele deu início ao primeiro processo judicial. “Minhas batalhas legais continuam até hoje”, desabafou à emissora. Ao longo dos anos, ele exigiu a realização de testes de DNA.

4 imagens
Simon ouvia da avó que era adotado
Ele tem 56 anos
Simon alega ser filho de Charles e Camilla
1 de 4

Ele ao lado da esposa, Elvianna Dorant-Day

Facebook/Reprodução
2 de 4

Simon ouvia da avó que era adotado

Facebook/Reprodução
3 de 4

Ele tem 56 anos

Facebook/Reprodução
4 de 4

Simon alega ser filho de Charles e Camilla

Facebook/Reprodução

“É claro que tenho muito mais provas do que apenas fotografias para apoiar as minhas alegações — e toda a minha pesquisa é verificável e prontamente acessível”, defendeu Simon.

Desde 2018, Simon batalha para conseguir que Charles e Camilla se submetam a um exame de DNA. Ao 7News, o suposto filho do rei ressaltou que “não descansará” até a resolução do caso. “Quero fazer isso de maneira certa para que eu e a minha família possamos finalmente obter as merecidas respostas”, argumentou. Atualmente, ele vive no estado australiano de Queensland, entretanto, nasceu na cidade inglesa de Portsmounth, em 5 de abril de 1966.

Aos oito meses de idade, Simon Dorante-Day foi adotado. Os avós adotivos dele trabalharam para a rainha Elizabeth II e o príncipe Philip em uma propriedade real. Segundo o homem, a avó costumava comentar constantemente que o neto era filho do casal real. Vale lembrar que, antes do rei se casar com a primeira esposa, a princesa Diana, o atual monarca teve um relacionamento amoroso com Camilla. O romance começou em 1965.

Casamento do príncipe Charles e Camilla Parker
Clique do enlace de Charles e Camilla em 2005

Ao abordar o assunto, Simon ressalta que, durante os nove meses antecedentes ao seu nascimento, Camilla Parker esteve ausente do circuito social, enquanto Charles foi enviado a uma viagem à Austrália. O suposto filho do casal acredita que a família real manteve a mãe escondida do mundo ao longo da gestação. O inglês comenta ter inconsistências de dados na certidão de nascimento, mais um detalhe usado por ele como prova.

O fato de Charles ascender ao posto de rei não altera o processo judicial, conforme contou Simon Dorante-Day ao 7News. “Muitas pessoas estavam preocupadas que, quando Charles se tornasse monarca, isso prejudicaria o meu caso. Mas não vai fazer nenhuma diferença legalmente, ainda está avançando da mesma maneira”, garantiu. Na entrevista, o inglês exclamou: “O mínimo que ele pode fazer é me dar uma resposta, me reconhecer. Se você não é meu pai, prove o contrário”.

Simon Dorant-Day exige reconhecimento de paternidade

Com a morte da rainha Elizabeth II no início de setembro, o suposto filho ilegítimo do casal compartilhou o conteúdo de uma carta que havia enviado para a majestade há 10 meses. Ele publicou a mensagem em uma publicação no Facebook: “Eu certamente posso entender, e até certo ponto perdoar, ações que foram tomadas no passado em relação à minha existência, mas não posso esquecer o que ocorreu”.

Segundo Simon Dorante-Day, a cor de seus olhos foram mudadas à força de azul para castanho com a finalidade de “esconder a verdadeira identidade”. Ele também precisou lixar os dentes na adolescência.

Quando soube que o rei Charles deu ao primogênito William, de 40 anos, o título de príncipe de Gales, o homem de 56 afirmou sentir “um chute na cara”. O atual monarca do Reino Unido tem dois filhos legítimos, William e Harry, frutos do casamento com Diana.

Simon Dorant-Day tem 56 anos

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?