metropoles.com

Rainha Elizabeth e príncipe Philip: conheça história de amor do casal

A rainha Elizabeth II lamentou a morte do marido no discurso de Natal deste ano. Philip faleceu em abril, aos 99 anos

atualizado

Compartilhar notícia

Chris Jackson-Pool/Getty Images
Rainha Elizabeth e príncipe Philip
1 de 1 Rainha Elizabeth e príncipe Philip - Foto: Chris Jackson-Pool/Getty Images

Na tradicional mensagem de fim de ano da rainha Elizabeth II, divulgada na tarde deste sábado (25/12), a monarca de 95 anos lamentou a ausência da “risada familiar” e do “brilho malicioso” do marido, o príncipe Philip. Este é o primeiro Natal em sete décadas que ela passa sem o duque de Edimburgo, que faleceu em abril, aos 99 anos.

O discurso especial começa com uma foto de Elizabeth e Philip tirada em 1947, durante a lua de mel do casal. “Embora seja uma época de grande felicidade e alegria para muitos, o Natal pode ser difícil para aqueles que perderam entes queridos”, disse. “Este ano, principalmente, entendo o por quê”, continuou.​

 

A mensagem, gravada há três semanas no Castelo de Windsor, trouxe imagens de momentos íntimo da família real britânica, como a rainha ao lado do falecido marido e dos filhos montando a árvore de Natal dos Windsor.

História de amor

Philip nasceu na Grécia e estudou na Alemanha, Escócia e Inglaterra, tendo uma maior conexão com o último país graças ao avô materno, o príncipe britânico Luís Mountbatten. No mesmo ano em que serviu à Marinha Britânica, aos 18 anos, ele conheceu Elizabeth, à época com 13, em uma visita dela à Escola Naval de Dartmouth. Foi a partir desse encontro que o romance deles emergiu.

A história que se sabe é que Elizabeth passou a trocar cartas com Philip enquanto a Segunda Guerra Mundial eclodia e ele participava do confronto no Mediterrâneo e no Pacífico. Só no fim da batalha, em 1946, ele conseguiu a permissão do então rei George VI para se casar com a primogênita do monarca com a rainha-mãe.

0

Para oficializar a união, ele precisou abdicar de seus títulos gregos e dinamarqueses, se converter ao anglicanismo (a religião oficial da Inglaterra) e finalmente se naturalizar como cidadão britânico, adotando Mountbatten como sobrenome, assim como o avô.

O casal ficou noivo em 9 de julho de 1947 e subiu ao altar cinco meses depois, em 20 de novembro, na Abadia de Westminster, em Londres. Philip recebeu o nobre título de duque de Edimburgo e permaneceu na Marinha até a morte inesperada do pai de Elizabeth e sua transição para o trono, em 1952.

Juntos, Elizabeth II e Philip tiveram quatro filhos (Charles, Andrew, Edward e Anne), oito netos (William, Harry, Louise, Zara, Peter, Eugenie, Beatrice e James) e 12 bisnetos (George, Charlotte, Louis, Archie, Lilibet Diana, Savannah, Isla, Mia, Lena, Sienna, August e Lucas).

O duque de Edimburgo faleceu em 9 de abril, aos 99 anos, por idade avançada, conforme consta em sua certidão de óbito.

Quer ficar por dentro das novidades de astrologia, moda, beleza, bem-estar e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesastrologia

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comVida & Estilo

Você quer ficar por dentro das notícias de vida & estilo e receber notificações em tempo real?

Notificações