Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Especialista em pele lista 8 mitos e verdades sobre poros dilatados

Quem se preocupa com os poros dilatados faz o possível e impossível para se livrar do problema. Mas, fica o alerta para não cair em ciladas

atualizado 19/10/2021 17:27

Pele - skincare - mulher - poros dilatadosCoffeeAndMilk/Getty Images

Um dos maiores inimigos de quem almeja desfilar com a pele lisinha são os temíveis poros dilatados, responsáveis pela aparência de furinhos ou pontos pretos na cútis. Enquanto para algumas pessoas o buraquinho é considerado supérfluo, outras se sentem desconfortáveis com a condição dermatológica e fazem o possível e o impossível para se livrar do problema. Mas, fica o alerta para não cair em armadilhas.

Para te livrar de ciladas, a coluna Claudia Meireles entrevistou Kika Chammas, farmacêutica e fundadora de uma etiqueta brasileira especializada em dermocosméticos, a Dermare. A expert listou os mitos e verdades relacionados aos temíveis furinhos. “Poucos sabem é que apesar do nome, os poros não dilatam realmente. O que acontece é que acabam aumentando o tamanho devido ao acúmulo de células mortas e excesso de sebo”, endossa.

0

Os poros tendem a ficar maiores no final do dia? Verdade!

Acordou com a pele maravilhosa, mas ao fim do dia, ficou o contrário, ou seja, cheia de furos? A situação ocorre por conta dos poros ficarem maiores com o passar das horas. De acordo com Kika, é necessário fazer um controle adequado da produção de sebo a fim de evitar que os buraquinhos dilatem. A medida evita a oleosidade, proveniente da poluição, células mortas e altas temperaturas.

Para fechar os poros dilatados, é preciso lavar o rosto sempre que possível? Mito!

Diante da primeira pergunta, fica o questionamento sobre a higienização facial. Se passou pela mente que deveria lavar o rosto ao perceber a cútis oleosa, calma lá. “O ideal é que se lave o rosto duas vezes ao dia. Quando usamos um sabonete adequado para a pele, há uma redução do acúmulo de sebo e, consequentemente, da dilatação dos poros”, explica a especialista. Ao finalizar essa etapa, Kika orienta passar um tônico no rosto como forma de manter a flora bacteriana benéfica e proteger a região de possíveis inflamações.

Kika Chammas
Kika Chammas

Os indesejados furinhos podem contribuir com o envelhecimento precoce da pele? Mito!

Quem apresenta poros dilatados costuma ter a cútis mais oleosa devido a maior produção de sebo. Segundo Kika, pessoas com esse tipo de pele tendem a envelhecer um pouco mais lentamente. “No processo de envelhecimento, há uma perda da camada de sustentação da derme. Aparentemente, pode transparecer que os furinhos aumentaram de tamanho. Destaco que as aberturas faciais não estão relacionadas com o passar da idade”, enfatiza.

Kika lembra que quem possui poros dilatados apresenta também pele bastante oleosa. Da condição, a cútis fica mais propensa a desenvolver acnes e cravos, e a deixar manchas resultantes das inflamações. “Algumas cicatrizes na derme dão essa sensação de quando a pessoa começa a envelhecer de que o poro está aberto, mas não, só as marcas que continuaram”, acrescenta a farmacêutica e empresária.

Mulher - produtos - skincare
Os poros dilatados não estão relacionados ao envelhecimento precoce da pele

A rotina de skincare é a única responsável por diminuir os indesejados furinhos? Mito!

Desfilar com uma pele impecável excede ter de seguir corretamente as etapas de aplicação dos produtos de skincare. A farmacêutica ressalta sobre a beleza da cútis ser um reflexo de hábitos saudáveis: “Além do uso de esfoliantes faciais para a retirada de células mortas e o uso de água micelar para retirar os resíduos de poluição e de maquiagem, para conseguir reduzir os poros, deve-se levar uma vida mais saudável, se alimentar melhor, beber água, dormir bem e fazer higiene da pele, de maneira frequente e bem-feita”.

A escolha dos produtos faz diferença na reversão da dilatação dos poros? Verdade!

Nada de adquirir fórmulas inapropriadas ao seu tipo de cútis, conforme avisa Kika Chammas: “Seja qual for a questão estética a ser tratada, a escolha de itens de qualidade e certos para cada pele faz total diferença no resultado. Produtos com formulação ruins resultam na piora do quadro apresentado e na aparição de novos problemas, que antes nem existiam. É imprescindível a orientação de um profissional especializado para entender o melhor tratamento indicado ao caso”.

Produtos com álcool na composição afetam os buraquinhos faciais? Verdade!

“O composto orgânico retira bruscamente a oleosidade da pele, por isso, agride a região de certa forma e causa o efeito rebote, aumentando ainda mais a oleosidade. Por consequência, os poros ficam mais dilatados”, esclarece a farmacêutica. Se você tem na prateleira produtos skincare que trazem na composição álcool, a expert indica optar por fórmulas livres do “ingrediente”.

Produtos - mulher - skincare
Produtos com álcool na composição afetam a cútis

Só a oleosidade pode fazer com que os poros fiquem entupidos e pareçam dilatar? Mito!

“Os poros podem se dilatar pelo acúmulo de sujeira, poluição e resquícios de maquiagem que não são bem retirados. Mas, além disso, o envelhecimento e a exposição ao sol também são fatores que podem causar a dilatação e outros problemas e incômodos comuns entre homens e mulheres de todas as idades”, sustenta Kika Chammas.

Pessoas com poros dilatados devem investir em maquiagens com efeito mate? Verdade!

Produtos de beleza com o efeito mate encabeçam a lista dos mais recomendados para quem apresenta os buraquinhos faciais. Como são livres de óleo, as maquiagens oferecem uma cobertura mais seca à pele. “Perfeito para quem tem os poros dilatados e produz muita oleosidade no rosto”, instrui. Entretanto, alguns hábitos agravam a condição dermatológica deixando a cútis mais oleosa, como tomar banho quente, não ingerir a quantidade correta de água durante o dia, e consumir alimentos gordurosos e ricos em açúcar.

Maquiagem - mulher - poros dilatados
Pessoas com poros dilatados devem investir em maquiagens com efeito mate
Receitas do bem e do mal

Em uma busca na internet sobre como tratar os poros dilatados, encontra-se em poucos segundos um leque de receitas que prometem fazer milagres. Entretanto, Kika reforça a respeito de quem testa misturas com potencial de prejudicar a cútis ou não gerar resultados. “Por exemplo, o mel com açúcar. Se usarmos o açúcar com grânulos grandes machuca a pele, já os grãos mais finos não fazem a esfoliação. O mel consumido em casa não permeia tão bem na derme, ao contrário da molécula extraída para fins cosméticos”, garante a expert.

Diferente do mel, a água gelada diminui os buraquinhos devido a vasoconstrição, isto é, uma contração dos vasos sanguíneos. “Se colocar algo quente, os poros aumentarão de tamanho e haverá uma dilatação”, explica a empresária do ramo da beleza. O melhor momento para adotar é no período matutino ou antes da aplicação da maquiagem. A técnica consiste em colocar um pouco de gelo na pele envolto de uma toalha a fim de não ocasionar uma queimadura.

Mulher - gelo - rosto
Passar gelo no rosto pode ajudar a reduzir os poros

Caso não tenha gelo, vale investir em uma toalha umedecida com água bem gelada. Deixe-a sob a pele. Kika aconselha pôr as táticas em ação antes de usar filtro solar ou cosméticos. “Quando passamos produtos na pele oleosa, há o aumento dos poros”, esclarece a farmacêutica. Mais uma receita vantajosa às pessoas com os furinhos faciais responde por esfoliação. O método benéfico ajuda a remover as células mortas da cútis e, posteriormente, a minimizar os temíveis buraquinhos.

Para não agredir a derme, Kika recomenda recorrer a esfoliação de uma a duas vezes por semana, de preferência com o uso de gel ou creme de pequena abrasão para evitar possíveis machucados na região. Das “receitas caseiras seguras”, a especialista instrui aplicar a argila verde por conta da ação adstringente. O ingrediente absorve a oleosidade da cútis. “Podemos diluir a argila com chá-verde e usá-los de uma a duas vezes semanais”, finaliza a profissional de beleza.

Mulher - argila verde - skincare - pele
Kika recomenda aplicar argila verde para reduzir a oleosidade facial

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias