*
 

Na corrida pelo Palácio do Buriti, o candidato Ibaneis Rocha (MDB) conseguiu mais um apoio. Desta vez, do senador e ex-governador Cristovam Buarque (PPS). O encontro ocorreu no início da tarde desta quarta-feira (17/10), na casa do emedebista, no Lago Sul. 

Para selar o acordo, o advogado assumiu o compromisso de criar escolas de tempo integral logo no primeiro ano de sua gestão, caso seja eleito. “Estávamos conversando há um tempo sobre as propostas dele [Cristovam]. Vamos começar pelas cidades menores, como Recanto das Emas, Riacho Fundo I e II e Varjão, para avaliar esse modelo”, explicou Ibaneis.

O ex-governador estava na chapa de Rogério Rosso (PSD), derrotado na votação de 7 de outubro. “No primeiro turno, a gente apoia quem está mais perto e, no segundo, quem está menos distante”, disse. De acordo com o senador, a trajetória e os discursos do emedebista foram fundamentais para firmar a aliança com o candidato do MDB, além do fato de o partido já tê-lo apoiado.  

Cristovam não conseguiu se reeleger e deixa o cargo após 16 anos. Na última quinta-feira (11), apresentou ao advogado projetos de sua gestão à frente do GDF, entre 1995 e 1998, e que gostaria de vê-los retomados, como a Mala do Livro, Poupança Escola, Temporadas Populares, BRB Trabalho, Bolsa Alfa e Saúde em Casa.

Passado
Nas eleições de 2014, o senador integrou a coligação que elegeu Rodrigo Rollemberg (PSB). Porém, após alguns meses após a posse, rompeu com o governador por não concordar com algumas medidas adotadas pelo socialista. De acordo com Cristovam, o titular do GDF “fracassou em sua gestão”.

“O governo Rollemberg fracassou. Ele ficou prisioneiro de uma armadilha ao ficar repetindo que o governo Agnelo [Queiroz] tinha sido um desastre financeiro, e foi, mas não se pode ficar batendo nessa tecla. Tinha de deixar um legado, além de arrumar as contas, e isso não foi feito”, comentou.   

Ibaneis já recebeu grande número de apoiadores. No total, 15 partidos estão com o MDB: PP, Avante, PSL, PPL, PSD, PSDB, Podemos, Patriota, DC, PMB, PHS, PRB, PPS, PRP e Solidariedade.

Debate
Nesta quarta, a partir das 19h30, os dois buritizáveis participarão de debate promovido pelo Metrópoles. Eles estarão ao vivo no estúdio do portal para discutir os seus planos de governo.

Em parceria com rádios, o site formou uma rede de comunicação para alcançar o maior número possível de eleitores. Além da Metrópoles FM (104,1), o evento será transmitido, simultaneamente, pelas emissoras Redentor AM (110), Rádio Atividade FM (107,1), Rádio Supra FM (90,9), JK FM (102,7) e JK AM (1410). Juntas, as estações alcançam, em média, 60 mil pessoas por minuto.

Os candidatos vão responder a perguntas dos jornalistas, poderão fazer questionamentos entre si acerca de temas livres e de outros sorteados. Há também a opção de acompanhar a transmissão em tempo real no site e nos perfis do Metrópoles no FacebookYouTube e Twitter.