Veja a quantidade de proteína ideal para ganhar massa muscular

Calcule, também, quanto deve comer do macronutriente se quer apenas manter o peso

atualizado 10/08/2021 7:57

frangoUnsplash

Durante muito tempo, a importância da ingestão proteica como aliada do emagrecimento foi bastante debatida. Mas será que as vantagens e as dúvidas a respeito desse macronutriente param por aí?

Quando um indivíduo ingere proteína, a síntese proteica é estimulada, enquanto sua degradação é preservada. Um detalhe importante, no entanto, deve ser levado em consideração: sempre que ficamos longos períodos sem comer alguma proteína (cerca de cinco horas, em média), o estímulo de degradação não só acontece como a síntese diminui, ou até mesmo cessa.

Isso significa que mais importante que consumir proteínas é priorizar o fracionamento correto, garantindo a qualidade diária necessária.

Em relação ao esporte, o consumo proteico fracionado 24 horas após o treino colabora, e muito, para fabricação de novas proteínas, respondendo ao estímulo gerado e ajudando na substituição de proteínas danificadas, otimizando a resposta ao exercício.

Como saber quanto deve ser meu consumo diário?
Veja, abaixo:

1,3g a 1,7g /kg/peso
Praticantes de atividade física com peso estável

1,6g a 2,4g/kg/peso
Praticantes de atividade física que desejam aumentar a massa magra

Por refeição, a recomendação seria de 0,3g a 0,4g por kg, fracionadas em quatro a cinco momentos ao longo do dia.

(*) Thaiz Brito é nutricionista pós-graduanda em Nutrição Esportiva Clínica

Mais lidas
Últimas notícias