Vai “jacar”? Veja o que fazer se o seu peso aumentar no fim de semana

Para quem está iniciando uma rotina dietética, o maior desafio é justamente este: o autocontrole às sextas, sábados, domingos e feriados

atualizado 11/06/2021 19:00

lucapierro/Getty Images

Segunda-feira costuma ser o dia oficial de recomeçar o “projeto saúde”, com diversas pessoas voltando à dieta e aos treinos, sempre em uma tentativa de evolução. Porém, com a chegada do fim de semana, muitos esquecem desses compromissos e sentem vontade de extravasar.

Isso não é nenhum mito, mas uma rotina observada dentro da prática clínica. Para quem está iniciando uma rotina dietética, o maior desafio é justamente este: o autocontrole às sextas, sábados, domingos e feriados.

Algumas questões devem ser ponderadas quando o indivíduo sente uma necessidade gritante de extravasar todo FDS. Provavelmente, quando esse desejo aflora demais, é possível que a pessoa esteja em um processo de compensação, ou seja, aderiu a um planejamento alimentar muito restritivo ou que não condiz com suas reais necessidades. Assim, basta ter uma folguinha que quer fazer um “acerto de contas”.

Um planejamento alimentar flexível e maior ponderação nas refeições livres ajudam a tornar o processo de emagrecimento mais equilibrado e consistente.

E, afinal, o que fazer se o peso subir logos após o fim de semana? Apenas relaxar e retomar a vida normal, sem neuras ou dramas. Isso porque ninguém engorda por comer hambúrguer ou emagrece por comer peixe com salada. Para isso ocorrer, é necessário a ingestão em uma frequência muito maior do que algumas refeições pontuais. O peso na balança aumenta, mas isso não quer dizer que seja gordura. Provavelmente, trata-se de uma retenção hídrica.

Para ganhar 1 kg de gordura, uma pessoa tem que ingerir aproximadamente 7.500 calorias a mais. Para exemplificar melhor essa conta, imagine que o gasto energético total de um indivíduo seja 2.000 calorias. Ou seja, seria necessário que esse indivíduo ingerisse 9.500 calorias e, assim, aumentasse 1 kg de gordura. De certo, fica fácil entender que são as atitudes impostas com maior frequência que determinam qualquer objetivo, certo?

Não desista e retorne aos seus hábitos saudáveis.

(*) Thaiz Brito é nutricionista pós-graduanda em Nutrição Esportiva Clínica

Últimas notícias