Brasiliense se inspira na França para abrir a padaria Merci Bakehouse

A casa, localizada no Sudoeste, propõe misturar a técnica francesa ao paladar brasileiro

Divulgação

atualizado 26/09/2019 14:56

Cássia Prado sempre soube que queria trabalhar com gastronomia. Apaixonada por panificação e confeitaria, a brasiliense abandonou o sonho por exigência dos pais na ocasião do vestibular. “Brasília tem essa cultura, essa coisa de que você precisa passar num concurso público. Estudei relações internacionais, mas não gostava, não me identificava com aquilo”, lembra a jovem.

Ao final de 2016, a concurseira estava em crise de depressão e pediu ajuda à família, que decidiu apoiá-la. Abandonou os estudos para certames e fez um curso de cozinha na capital federal antes de rumar a Paris, para aprender panificação na Le Cordon Bleu. Ali, se apaixonou pela deliciosa mistura de água, farinha e sal, e descolou um estágio no hotel Ritz da capital francesa.

“Meus amigos foram conseguindo estágios em padarias tradicionais, mas eu queria trabalhar em um hotel, onde os produtos são incríveis”, conta. Depois de um ano, a jovem padeira se uniu à mãe, Germana, para abrir um negócio em Brasília: em agosto de 2019, nasceu a Merci Bakehouse, no Sudoeste.

“É a realização de um sonho, era o que eu queria mesmo. Procurei implementar na loja tudo que aprendi em Paris, especialmente no Ritz. A Cordon Bleu ensina, mas muito do que se aprende é na prática”, comenta Cássia, que trouxe para o Brasil boa parte dos equipamentos usados em seu negócio.

0

A casa tem o menu francês, mas a operação se inspira no modelo de bakehouse americano, uma mistura de panificadora e confeitaria. “Eu tenho pães de fermentação natural, mas meu foco é no croissant e nos folheados em geral”, garante a empresária.

Para a massa folheada, Cássia usa uma manteiga francesa específica para este tipo de preparo: com baixa umidade, o material demora a derreter e se incorpora mais facilmente aos outros ingredientes. “No começo, tive algumas dificuldades com o clima para fazer o croissant. Fui pedindo dicas aos amigos e consegui adaptar o preparo ao ambiente. Não mudei a receita, mas o processo é um pouco diferente do tradicional”, comenta.

Merci Bakehouse
CLSW 102, Bloco A, Loja 50. De terça a sábado, das 9h às 19h

Últimas notícias