Torrefação de Brasília quer desmistificar consumo de café especial

Ao usar o termo "café de especialidade" em seu pacote de estreia, a Mokado quer atrair novos clientes com um grão saboroso e descomplicado

Andre Borges/Esp. Metrópoles

atualizado 19/08/2019 11:03

Um bom café não só para começar o dia, mas para iniciar a conversa sobre termos como torra média, granulometria e métodos de extração: esta é a proposta do Antes de Mais Nada, primeiro pacote lançado pela torrefação novata Mokado em Brasília. Para conquistar o consumidor mais reticente, uma pequena mudança na embalagem. Em vez de constar “café especial” no rótulo, o termo escolhido é “café de especialidade”.

“O café especial passa a noção de que é algo diferente. Quando se fala em café de especialidade, fica claro que se trata de um café de origem controlada“, argumenta Pedro Anjos, um dos sócios por trás do empreendimento. “A gente entende que o cliente pode se intimidar com o termo, dá a impressão de ser algo elitizado mesmo”, completa Rodrigo Moll, outro dono da Mokado.

Andre Borges/Esp. Metrópoles
Rodrigo Moll, Paulo de Tarço e Pedro Anjos, os amigos apaixonados por café que se arriscaram no mundo da torrefação

O psicólogo Paulo de Tarço completa a tríade por trás da nova torrefação do Distrito Federal. O time de coffee lovers sonhava em empreender na área há alguns anos – a ideia inicial era abrir uma cafeteria, mas visitas a produtores e testes improvisados de torra na pipoqueira os levaram para o elo anterior da cadeia do café, a torrefação.

Os três amigos são cautelosos: estão com o torrador Átila desde dezembro de 2018, fazendo testes e mais testes até o lançamento oficial da Mokado. A primeira tentativa de sucesso resultou no café Kobaya, um grão de torra adequada e sensorial simples, vendido para amigos e conhecidos a justos R$ 12 o pacote de 250g – cafés especiais costumam custar, no mínimo, o dobro.

“Intitulamos de Kobaya porque ele é isso mesmo, para as nossas cobaias. É um café especial, com mais de 80 pontos, mas é simplesmente um teste”, comenta Rodrigo. Cada pacote vinha com um QR code que direcionava a um questionário para o consumidor responder: o Antes de Mais Nada foi elaborado a partir deste feedback, resultando num café saboroso, especial, de sensorial descomplicado. Com notas de cacau e avelã, o grão plantado pela mineira Beatriz Aparecida de Souza Guimarães é um bom início de conversa sobre o café especial.

0

O café que deveria servir exclusivamente para teste acabou virando xodó da clientela. “O Kobaya tomou vida própria, não vamos conseguir descontinuar o pacote. Temos clientes fiéis”, brinca Paulo. Para o futuro, o trio planeja uma linha de grãos mais complexos que o Kobaya e o Antes de Mais Nada.

A marca será lançada na próxima quinta-feira (22/08/2019) e estará disponível nas cafeterias brasilienses Koppe, The Coffee Hut e Adorável Café, além da goiana Prana. O pacote de Antes de Mais Nada vai custar entre R$ 25 e R$ 30.

Adorável Café
Rua 25 Sul, lote 30, loja 4B, Edifício Park Style
Rua Carnaúbas, quadra 301, lote 2
De terça a sexta, das 14h às 21h. Sábado, domingo e feriados, das 9h às 18h

Koppe Cafés Especiais
403 Sul, bloco D, loja 16, 61 3546-6778. Terça a sábado, das 9h às 21h; domingo, das 9h às 16h

Prana Café
Rua T-37, número 2825, Setor Bueno, Goiânia (GO), 62 3639-0188. Segunda-feira, das 12h às 18h; de terça a sexta, das 12h às 19h; sábado, as 9h às 19h; domingo, das 9h às 18h

The Coffee Hut
213 Norte, bloco B, loja 20, 61 3053-0754. De segunda a domingo, das 7h às 22h

Últimas notícias