Dicas de exercícios e alimentação para viver uma vida saudável e sem neura

Aprenda como emagrecer e ganhar músculo ao mesmo tempo

Dieta e treino são variáveis importantes a quem tem esse objetivo

atualizado 22/03/2021 11:17

musculaçãoPixabay

O desejo da maioria das pessoas é perder gordura e ganhar músculo. Será que é possível isso acontecer simultaneamente? A resposta é sim. Porém, não é tão simples quanto possa parecer. É necessário manipular algumas variáveis importantes, que envolvem tanto a dieta quanto o treino.

Vamos entender:

Se você quer eliminar as gordurinhas, é preciso gerar um déficit calórico, ou seja, ingerir menos calorias do que se gasta. Um ponto importante é que dá, sim, para aumentar o peso na balança e, paralelamente, diminuir a quantidade de gordura no organismo.

Vou exemplificar com uma situação hipotética. Se uma pessoa tem 10kg de gordura em 100kg de peso corporal, essa pessoa tem um BF (body fat, ou percentual de gordura) de 10%.

Se esse mesmo indivíduo permanece com esses 10kg de gordura, mas pesando 200kg, o BF cai para 5%. Usei números grandes para ficar de fácil entendimento, mas a lógica é fácil: à medida que ganha massa magra, o peso na balança sobe e o BF diminui.

Se a ideia é ganhar massa muscular, precisamos de um balanço de nitrogênio positivo, além de fornecer substrato energético para a construção de tecido muscular.

Então, o que fazer para perder gordura e aumentar a massa magra, na prática?

Veja essas dicas:

  • Dieta hipocalórica, aumento da quantidade de proteína e seu correto fracionamento ao longo do dia, com redução moderada de carboidratos, e oferecimento de antioxidantes e fitoquímicos;
  • Treino necessariamente voltado para hipertrofia. Essa sinalização é fundamental, pois ácidos graxos podem fornecer energia para a construção muscular, desde que a musculatura seja submetida aos estímulos corretos;
  • Controle de hormônios, principalmente insulina, GH e testosterona. Eles apresentam efeitos tanto anabólicos quanto catabólicos.

Todas essas estratégias devem estar muito bem amarradas.

Para concluir, destaco que iniciantes (em dieta e treinos) têm mais facilidade em obter resultados. Já em pessoas intermediárias e avançadas, o ajuste deve ser bem mais refinado, o que complica na hora de atingir resultados expressivos. Por isso, é interessante direcionar etapas periódicas para cada objetivo, ou seja, cumprir ciclos de estratégias.

Últimas notícias