Descubra como o whey protein pode auxiliar no emagrecimento

A proteína extraída do soro do leite é uma importante aliado na hora de perder peso

atualizado 15/03/2021 17:39

Whey_proteinUnsplash

Também conhecido como proteína do soro de leite, o whey protein confere muitos benefícios à saúde, que vão além de uma suplementação para treino. Por se tratar de uma proteína de alto valor biológico e de rápida absorção, é um grande aliado nas dietas quando se trata de repor esse grupo alimentar sem perder a qualidade da dieta. Para indivíduos que precisam de praticidade em virtude da correria do dia a dia, é uma excelente opção tanto no lanche quanto no jantar.

Isso se deve ao fato do whey conter os 20 aminoácidos essenciais que o nosso organismo não produz. Além de repor proteínas, muitos blends vêm acrescidos de vitamina, trazendo benefícios para pacientes que precisam fazer a substituição em alguma refeição.

Alguns estudos revelaram também que o whey favorece a perda de gordura, estimula hormônios anorexígenos, ou seja, aqueles que diminuem a fome. Da mesma forma, o composto inibe os neurotransmissores orexígenos, que causam sensação de fome.

Inicialmente, para ser um aliado ao emagrecimento, ele precisa estar ajustado na dieta junto ao treinamento, ou seja, não há possibilidade do whey auxiliar no ganho de músculo se o paciente não estiver gerando estímulos físicos para esse fim.

Outro ponto a ser avaliado seria a dieta, já que, para usufruir dos reais benefícios, o planejamento alimentar tem que estar em dia. Com esses dois pilares alinhados, um estudo revelou que o whey ajuda consideravelmente na recuperação pós-treino e no ganho de massa magra – esse, por sua vez, seria o fator chave para o emagrecimento, pois ganhando massa magra tende-se a diminuição do percentual de gordura.

É preciso atentar-se também ao tipo de produto que se compra. Dos feitos a partir da proteína do soro do leite, os três mais comercializados são:

1) whey protein concentrado: conta com 80% de proteína e o restante são compostos como lactose, gorduras e sais minerais. Possui absorção mais lenta devido a esses componente;

2) whey protein isolado: contém maior quantidade de proteína em relação ao produto concentrado (cerca de 95%) e possui menor teor de gordura e carboidratos, incluindo a lactose;

3) whey protein hidrolisado: produto que requer uma tecnologia mais avançada para sua produção já que uitliza a ultrafiltração, que facilita a absorção. Se trata de um produto “pré-digerido”, sendo recomendado inclusive a indivíduos que já passaram por cirurgia bariátrica e também para pessoas com intolerância à lactose.

Mais lidas
Últimas notícias