Estudo revela 3 hábitos de pessoas que conseguem manter o peso perdido

Um estudo atual deixou claro o que é preciso fazer para não voltar a engordar

atualizado 26/02/2021 21:17

Duas mulheres tomando chá juntasFreePik

Estudos já revelaram que mais desafiador que perder peso é manter os quilos perdidos. A missão pode não ser tão fácil quanto parece, principalmente quando entendemos que, após alcançar alguma meta, nosso organismo se sentirá ameaçado e irá usar mecanismos adaptativos para recuperar os excessos que foram embora.

Isso tende a acontecer unicamente pelo fato de o nosso corpo ser uma máquina primitiva que pensa, primeiramente, em sobrevivência.

Na época dos homens das cavernas, a sobrevivência às geleiras ou aos longos dias de privação alimentar dependia da composição de gordura corporal, justamente por ajudar na regulação térmica e fornecer energia quando não fosse possível caçar.

Agora, na atualidade, a dificuldade é outra: se livrar das gordurinhas extras e, mais que isso, manter-se emagrecido.

Um estudo atual, publicado na revista Obesity Reviews, avaliou três hábitos de pessoas que conseguem manter o peso perdido.

Confira e tente colocar em prática:

1. Usufruem de uma alimentação rica nos elementos corretos, o que garante muita saciedade e muda o comportamento perante à comida. Ingerir uma quantidade maior de fibras por meio do aumento do consumo de frutas e vegetais garante saciedade e diminui a frequência de refeições. Além disso, essas pessoas evitam exageros, moderando o tamanho da porção e dizendo “não” a alimentos industrializados de maneira geral (principalmente açúcar e refrigerantes);

2. Não abrem mão da atividade física: a promessa da academia todos fazem, mas pessoas que alcançam a constância no hábito de autoeficácia, ou seja, que acreditam no hábito de manter a frequência e intensidade nas atividades físicas, são mais propensas a manter os quilinhos as quais deram adeus;

3. Monitoram o peso, a alimentação e o exercício físico: aquela história de perceber o estrago quando já ele já foi feito dificilmente ocorre com pessoas que estão atentas ao peso e à alimentação. Se vigiar e estar atento aos deslizes permite corrigir seus hábitos em tempo.

Em suma, esses comportamentos resumem que fatores psicológicos e comportamentais são os mais decisivos entre pessoas que realmente conquistam o emagrecimento duradouro, sem precisar recorrer a dietas malucas.

(*) Thaiz Brito é nutricionista pós-graduanda em Nutrição Esportiva Clínica

Últimas notícias