Vinho engorda ou emagrece? Quantas calorias têm em uma taça?

A bebida, algumas vezes. é a vilã das dietas, em outras, aparece como aliada: veja como consumir de forma responsável

Vinícius Santa Rosa/MetrópolesVinícius Santa Rosa/Metrópoles

atualizado 08/10/2019 13:29

O vinho engorda ou emagrece? Ou nem engorda nem emagrece? Mito ou verdade? Qual é a resposta que você quer escutar? Tem pesquisa científica para todos os gostos. Para o alívio de quem gosta da bebida, os estudos favoráveis ao consumo de algumas tacinhas semanais, de forma moderada e sem excessos, estão ganhando em quantidade e respeitabilidade.

O vinho é composto, basicamente, de: água, álcoois, ácidos, taninos e substâncias aromáticas. Mas também contém: açúcares residuais e glicerina, pigmentos, antocianas, leucoantocianas e vitaminas. Como o vinho não é considerado um alimento, e sim uma bebida alcoólica, não é exigido que informações nutricionais constem nos seus rótulos, nem a sua quantidade de calorias.

Calorias

Pensando na relação entre a sua cintura e o vinho, precisamos entender um conceito básico: o que engorda é ingerir mais calorias do que o seu corpo precisa queimar de forma regular. Pesquisando na internet constatamos: uma pessoa adulta de 75 kg tem necessidade diária de cerca de 3 mil Kcal. A boa notícia é que, de forma benéfica, cerca de 500 dessas calorias podem vir do vinho.

Mas quantas calorias tem numa taça de vinho? Duas informações são necessárias para calcularmos:

1. quantidade de gramas de açúcar por litro;
2. graduação alcoólica do vinho.

Já estou vendo o leitor reclamando: “Mas só a informação de álcool é que consta nos rótulos dos vinhos! Nunca vi falando a quantidade de açúcar!”. Na verdade, o açúcar é citado, sim, mas em código. Veja só:
• Vinho seco: 0 a 4 g/L;
• Vinho meio seco ou semisseco: 4,1 a 25 g/L;
• Vinho suave: mais de 25,1 a 80 g/L.

Divulgação

No final desta coluna, vamos ver como é fácil calcular quantas calorias tem em uma taça de vinho. Se você não quiser fazer contas, considere que, em média, a maioria dos vinhos tintos oferece de 80 a 120 calorias por 150 ml. E que o vinho com menos calorias, cerca de 60 por 150 ml, é o branco seco. Os rótulos de sobremesa possuem um elevado teor de açúcar.

Vinho engorda?

Vamos combinar que o vinho contém calorias, mas o que engorda é a quantidade que se ingere. E aí o cara se perde nas comidinhas, naqueles petiscos gostosos, almoços e jantares… e depois vem culpar a bebida pela agressão à balança.

Vinho emagrece?

Sei que é difícil de acreditar, mas só o fato de beber vinho já fará com que seu corpo queime calorias. Para digerir o álcool, o corpo produz enzimas específicas e, nesse processo, calorias são queimadas.

Outro fator é que o vinho ajuda a digerir os alimentos e não só substitui as calorias dos carboidratos, como também diminui a necessidade do seu consumo.

Fazer dieta não é fácil, tem gente que fica meio nervosa e tensa. Alguns chegam a precisar recorrer a tranquilizantes e antidepressivos. Nada melhor que usar o vinho para relaxar durante esse momento de provação.

Sabe o efeito sanfona, aquele tristeza de recuperar o peso perdido numa fração do tempo que durou o regime? O vinho também pode ajudar a impedir que isso aconteça.

Vinho engorda ou emagrece?

Sinto chegar ao final desta coluna e ter de dizer que ainda não há uma certeza se o vinho engorda ou emagrece. Pode ser frustrante, mas é possível se sair assim: se não ajuda a emagrecer, certamente ele também não engordará – caso consumido na medida certa.

Uma coisa é certeza: o vinho faz bem para saúde e produz efeitos benéficos para o corpo e alma.

Como calcular as calorias de uma taça de vinho?

Vamos agora nos lembrar da matemática da escola e aprender a calcular quantas calorias tem na taça de vinho. Para isso, precisamos saber três informações:

1. Quantidade de vinho que se vai beber (ml);
2. Graduação alcoólica do vinho (º.);
3. Teor médio de açúcar (gramas por litro – g/L).

Fórmula de cálculo das calorias do álcool:
(ml : 30) X álcool º. x 1,6 = calorias
Fórmula de cálculo das calorias do açúcar:
(ml X /L) X 4 : 1000 = calorias

A soma destes dois resultados é o número aproximado de calorias encontradas na taça, considerando-se apenas a graduação alcoólica e o açúcar.

Exemplo:
• uma taça de 150 ml de vinho;
• 13º. de álcool;
• Vinho seco: 0 a 4 g/L

Calorias do álcool:
1. divida a quantidade que está bebendo (ml) por 30:
150 : 30 = 5

2. multiplique o resultado pela graduação alcoólica:
5 X 13º = 65

3. multiplique o resultado anterior por 1,6
65 X 1,6 = 104 calorias (total 1)

Calorias do açúcar:

1. Multiplique a quantidade que está bebendo (ml) pela quantidade de açúcar (g/L)
150 X 4 = 600

2. Divida por 1.000:
600 : 1.000 = 0,6

3. Multiplique por 4:
0,6 X 4 = 2,4 calorias (total 2)

4. Some ambos totais e obtenha o total aproximado de calorias na taça:
104 + 2,4 = 106,4 calorias numa taça de 150 ml.

Agenda

SOBRE O AUTOR
Sérgio Pires

Iniciou sua trajetória como enófilo na década de 1970. No final dos anos 1980, passou a estudar sistematicamente o tema e a realizar viagens a vinícolas. Após encerrar a carreira bancária, formou-se sommelier profissional pela Associação Brasileira de Sommeliers (ABS-DF/UPIS). Profissionalmente atua como consultor, palestrante, articulista e jurado em eventos de vinho. É diretor da ABS-DF e professor em todos os seus cursos.

Últimas notícias