Chapada dos Veadeiros é fechada após 7 meses de reabertura na pandemia

Parque nacional deve voltar a receber turistas no dia 31/3; unidade registrou 37.473 visitas de agosto do ano passado a fevereiro deste ano

atualizado 19/03/2021 9:21

Chapada dos Veadeiros, GoiásHotel Urbano/Reprodução

Goiânia – Sete meses depois de reaberto em plena pandemia, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, no nordeste goiano, volta a ser fechado para visitação de turistas de todo o país, a partir desta sexta-feira (19/3). A decisão ocorre por causa do avanço no número de mortes causadas pela Covid-19 e por estar localizado numa região que se encontra em situação de calamidade devido à doença.

0

Há exatamente um ano, o parque foi fechado pela primeira vez, seis dias depois da primeira morte por Covid-19 no país. Agora, o novo fechamento ocorre com o Brasil prestes a atingir a marca de 290 mil óbitos em decorrência de complicações da doença.

Visitado com frequência por famosos, o parque tem previsão de voltar a receber  turistas no dia 31/3, seguindo recomendação de fechamento por 14 dias, abertura nas duas semanas seguintes e assim por diante, conforme decreto do Governo de Goiás, acompanhado pela Prefeitura de Alto Paraíso.

Ao longo de toda a pandemia, o atrativo turístico foi fechado para o público por apenas cinco meses, de 18 de março a 17 de agosto de 2020, nove dias depois de o país ter ultrapassado 100 mil mortes pela Covid-19. Os portões foram reabertos no dia seguinte, com uma série de restrições estabelecidas por portaria do governo federal.

No total, 37.473 turistas visitaram o parque, de 18 de agosto do ano passado a 28 de fevereiro deste ano, segundo o chefe da unidade de conservação, o analista ambiental Luís Henrique Mota de Freitas Neves. Em média, foram 193 pessoas por dia.

Nesse período, a administração teve de controlar o número de turistas no Centro de Visitantes (máximo de 22 pessoas por vez) e dentro do parque, assim como aplicar diversas regras de higienização e desinfecção dos ambientes. Uso de máscara também era obrigatório.

Mesmo com cinco meses de portões fechados, em meio ao grande avanço da pandemia, o parque recebeu, em 2020, quase a metade do público de 2019, e mais que o número total de visitantes em 2013. Desde então, a unidade de conservação vinha recebendo mais gente.

Número de visitas em oito anos

A seguir, veja a quantidade de visitação, por ano, segundo dados repassados pela chefia do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

  • 2013: 27.417
  • 2014: 39.470
  • 2015: 56.631
  • 2016: 63.470
  • 2017: 63.142
  • 2018: 73.931
  • 2019: 79.347
  • 2020: 37.990
Milhares de turistas

O parque chama a atenção de milhares de turistas por reunir espécies e formações vegetais únicas, trilhas, centenas de nascentes e cursos d’água, formações rochosas com milhões de anos, além de paisagens de rara beleza, com feições que se alteram ao longo do ano.

A área se estende pelos municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Teresina de Goiás, Nova Roma e São João d’Aliança. A unidade de conservação é administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), autarquia vinculada ao Ministério do Meio Ambiente e integrada ao Sistema Nacional do Meio Ambiente.

Os portões abertos do parque estimularam a movimentação de turistas na região, principalmente moradores do Distrito Federal, e aumentaram a polêmica entre comerciantes favoráveis e contrários a medidas restritivas.

Em Alto Paraíso, por exemplo, houve até “lockdown popular”, medida que teve adesão de parte dos comerciantes para fechamento espontâneo dos estabelecimentos, com objetivo de frear a velocidade de disseminação do coronavírus.

Depois da polêmica, a própria Prefeitura de Alto Paraíso e a ala de empresários contrários ao fechamento do comércio divulgaram campanha, em vídeo, com convite a turistas. “Seja bem-vindo à Chapada. Sim, estamos abertos”, diz um trecho.

Veja, abaixo, vídeo da campanha com convite para turistas.

O município só recuou, nessa quarta-feira (17/3), com publicação de novo decreto estadual, que ordenou o fechamento de comércio não essencial até o dia 31/3, seguindo revezamento de fechamento e abertura dos serviços por 14 dias cada.

Patrimônio mundial

O parque tem 240 mil hectares. É apenas uma parte da região da Chapada dos Veadeiros, considerada Patrimônio Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Próximos ou dentro da Chapada dos Veadeiros estão, ao menos, parte de três aquíferos: o Guarani, o Urucuia e o Bambuí.

O Cerrado é um dos ambientes mais antigos do planeta, com mais de 2 bilhões de anos. É o segundo bioma de maior formação vegetal da América do Sul, perdendo apenas para a Amazônia. No Cerrado, estão 62% das cavernas brasileiras (cerca de 4 mil), que ajudam a água da chuva a ir para o lençol freático, além de ser o berço de uma das maiores biodiversidades do mundo.

Últimas notícias