Descubra a substância presente no feijão-branco que ajuda a emagrecer

Substância presente nesse alimento bloqueia parcialmente a ação de uma enzima responsável pela digestão de carboidratos

atualizado 07/05/2022 9:55

Mulher com calça jeans folgadaDivulgação

Todos os tipos de macronutrientes precisam ser quebrados em partículas menores para que o intestino possa absorvê-los. Porém, quando não há quebra da substância em partículas menores, a absorção dela acaba ficando inviabilizada. Para se ter uma ideia, existe uma medicação comercializada com fins de emagrecimento que impede a ação da enzima lipase pancreática – responsável pela digestão de lipídios e reduzindo, posteriormente, a absorção deles.

Presente no feijão-branco e conhecida como faseolamina, ela inibe a atividade de outra enzima, conhecida como alfa-amilase e, consequentemente, resulta na diminuição da absorção de carboidrato.

Alguns estudos revelaram os benefícios da ingestão de 5g dessa substância por dia. Essa dose foi capaz de diminuir a concentração de açúcar no sangue após as refeições, tornando-a interessante, inclusive, para indivíduos que sofrem de diabetes.

Foto de seis pães em pé encostados na parede

Ainda que não haja consenso de que sua atividade seja efetiva em dietas para emagrecimento, a substância não deixa de ser interessante para promover o controle da glicemia e colaborar no emagrecimento – já que, para essa finalidade, outras atitudes, como sono de qualidade, ingestão de água, prática de atividade física e planejamento alimentar também se mostrem fatores importantes.

Ou seja, vale a pena consumir esse tipo de feijão, pouco comum na mesa do brasileiro, não apenas para diminuir a absorção de carboidratos, como para ajudar a perder medidas e “secar”. Consulte um profissional antes de fazer qualquer mudança na sua dieta.

(*) Thaiz Brito é nutricionista pós-graduanda em Nutrição Esportiva Clínica

Mais lidas
Últimas notícias