Cinco erros para evitar quando for medicar seu filho

O blog Mil Dicas de Mãe separou as piores atitudes cometidas ao dar remédios às crianças

atualizado 10/07/2020 16:24

Gustavo Fring/Pexels/Reprodução

A medicação infantil, em situações de vulnerabilidade da saúde, deve ser feita com cautela para que não haja piora no quadro e a criança se recupere rapidamente. Filhos pequenos doentes se sentem sensíveis e demandam mais cuidados dos pais e responsáveis que, ao ficarem sobrecarregados, acabam cometendo alguns erros. Entre eles, a quantidade de remédio ou, ainda, oferecer substância contraindicada.

O blog Mil Dicas de Mãe separou as cinco piores atitudes na medicação infantil que podem prejudicar a recuperação dos pequenos e piorar o quadro de saúde.

Confira:

  • Medicar a criança por conta própria e sem indicação médica;
  • Misturar remédios e dar substâncias não apropriadas para a idade;
  • Não respeitar os períodos de aplicação e doses indicadas pelos pediatras;
  • Não preparar os remédios corretamente, como antibióticos líquidos, por exemplo;
  • Perder o controle da rotina do medicamento.

Mais informações no blog Mil Dicas de Mãe.

Mais lidas
Últimas notícias