metropoles.com

Veja 10 fontes de gorduras boas, aliadas no combate ao colesterol alto

Assim como a alimentação desregrada pode aumentar as taxas de colesterol, uma dieta balanceada pode reduzi-las, prevenindo o infarto e AVC

atualizado

Compartilhar notícia

Getty images
Castanhas dentro de uma tigela de vidro- Metrópoles
1 de 1 Castanhas dentro de uma tigela de vidro- Metrópoles - Foto: Getty images

O colesterol alto é um dos principais fatores de risco para doenças cardiovasculares, e engana-se quem acredita que este problema é exclusivo de pacientes com sobrepeso ou obesidade. Pessoas magras também podem ter descontrole nos níveis de gordura no sangue, com risco de infarto e acidente vascular cerebral (AVC).

Diversos fatores estão relacionados ao aumento do colesterol no sangue. Alguns deles são modificáveis pois estão relacionados ao estilo de vida, como a prática de atividade física e a dieta.

Alimentos com gorduras insaturadas, por exemplo, são conhecidos por atuar na redução do colesterol ruim (LDL). A endocrinologista Claudia Chang, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), explica que essa é a variedade mais saudável, rica em ácidos graxos essenciais, como ômega-3 e ômega-6, e possui ação anti-inflamatória.

Entram neste grupo os produtos de origem vegetal, como azeitonas; as oleaginosas, como castanha-do-pará, amêndoas, macadâmia, nozes e castanha de caju; sementes de linhaça; chia; coco; abacate; sardinha; salmão; atum e os óleos vegetais, como de soja, canola e o azeite.

0

A médica destaca a importância do check-up anual a partir dos 30 anos para prevenir complicações por problemas cardíacos.

“Pelo fato de não manifestar sintomas, o colesterol alto só pode ser identificado por meio de exames de sangue que mostram os níveis do HDL (lipoproteína de alta densidade, conhecido como colesterol bom), LDL e triglicérides”, finaliza Claudia.

Segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 14 milhões de brasileiros têm alguma doença no coração e mais de 380 mil morrem por ano como consequência delas, correspondendo a 30% de todos os óbitos no país.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?