Nasa quebra tradição com foto de coronavírus em ataque à célula humana

Site especializado em imagens do espaço trouxe flagrante do exato momento em que o Sars-CoV-2 entra na estrutura celular

atualizado 03/06/2020 16:34

Imagem-coronavírus-SarsCov2_NiaidNiaid/Reprodução

O site Astronomy Picture of the Day (Apod), da Nasa – a agência espacial americana -,  divulgou o registro de uma célula humana sendo atacada pelo novo coronavírus, o Sars-Cov-2. O inimigo, que pode levar à morte nos quadros mais críticos da Covid-19, são os minúsculos pontos laranjas. Publicada na terça (02/06), a imagem quebrou uma tradição do endereço virtual especializado em imagens espaciais.

O “retrato” do coronavírus foi feito pelo Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos (Niaid). Os astrônomos Robert Nemiroff e Jerry Bonnel, da Nasa, comparam o momento em que o vírus se infiltra nas células a um ataque de seres alienígenas.

“A humanidade está sob ataque. O ataque não é de grandes alienígenas mas de invasores tão pequenos que mal podem ser vistos e tão estranhos que nem estão claramente vivos. Em todo o planeta Terra, o mundo humano, os seres humanos baseados em DNA estão sendo invadidos pelo SARS-CoV2 baseado em RNA”, escreveram os astrônomos.

A dupla lembrou ainda que “batalhas épicas em que duas espécies se enfrentam em uma luta até a morte não são incomuns na Terra, com várias envolvendo seres humanos normalmente em andamento a qualquer momento. Mesmo assim, prevê-se que a maioria dos humanos sobreviva. Depois de vários anos, a humanidade espera vencer essa guerra – mas somente depois que milhões de seres humanos morreram e trilhões de vírus corona foram destruídos”.

Últimas notícias