Mortes por Covid-19 podem dobrar durante espera pela vacina, alerta OMS

Michael Ryan, diretor da agência, cobrou ação dos governos e lamentou que, em apenas 9 meses, doença tenha levado quase 1 milhão de vidas

atualizado 25/09/2020 20:10

Mike Ryan na OMSOMS/Reprodução

A pandemia da Covid-19 já provocou pelo menos 984 mil mortes em todo o mundo, segundo o monitoramento diário da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, e mais de 32 milhões de pessoas já foram diagnosticadas com a doença.

Nesta sexta-feira (25/9), o diretor de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, alertou que o número de vítimas da doença pode duplicar, chegando à casa dos 2 milhões de óbitos, antes que uma vacina esteja disponível. De acordo com ele, apenas uma resposta global eficaz pode frear a transmissão do novo coronavírus.

“A menos que tenhamos uma ação conjunta e responsável, os dois milhões de mortes não são apenas possíveis, mas, infelizmente, muito prováveis”, lamentou Ryan, ao responder uma pergunta, durante coletiva de imprensa.

Ele lembrou que, no início da pandemia, há nove meses, ninguém esperava que o coronavírus provocasse a morte de 1 milhão de pessoas. “E a vacina contra a Covid-19 ainda pode demorar mais nove meses“, explicou.

0

Últimas notícias