Médica desmente Bela Gil: água oxigenada não resolve dor de ouvido

Para evitar inflamações mais graves, otorrinolaringologista alerta para perigo de usar gotas mornas de azeite, água oxigenada, entre outros

Jordan Whitt, UnsplashJordan Whitt, Unsplash

atualizado 10/06/2019 18:21

Existem várias causas para a dor de ouvido, mas uma coisa é certa: quem já teve dificilmente esquece. O desconforto é agudo e pode ocorrer em uma ou nas duas orelhas ao mesmo tempo. Ainda assim, nem sempre as pessoas procuram o médico prontamente e optam por tratamentos caseiros, daqueles que passam da avó para a mãe e assim por diante.

Recentemente, a apresentadora Bela Gil fez recomendações em sua conta no Instagram, que tem 1,2 milhão de seguidores, sobre o uso de água oxigenada para tratar otite. Até o momento, a postagem teve mais de 65 mil curtidas e 4.478 comentários. Segundo ela, o tratamento consiste em pingar de 1 a 3 gotinhas de água oxigenada e deixar agir por alguns minutos. “A água oxigenada começa a borbulhar e você sente uma leve cócegas”, publicou. “Aqui em casa, eu, JP e as crianças somos todos adeptos e só temos bons resultados há anos”, disse.

A otorrinolaringologista Larissa Macedo de Camargo esclarece que não é recomendado colocar nada diretamente no ouvido, porque isso pode aumentar a irritação da região caso haja algum tipo de inflamação. A indicação é procurar um médico, que irá examinar a área e determinar a melhor medicação.

Os sintomas que evidenciam a dor de ouvido envolvem febre, diminuição da audição e, no caso de crianças, choro excessivo – sobretudo durante a noite – e mãos no ouvido. Se a dor de ouvido for causada por gripes ou resfriados, é comum que a secreção se acumule no ouvido interno. Sendo assim, é importante lavar o nariz com soro fisiológico e tomar bastante água e chá ao longo do dia para ajudar a fluidificar as secreções, facilitando a eliminação do catarro.

Últimas notícias