Quatro tendências gastronômicas que devem bombar em 2023

A WGSN divulgou quais as principais apostas no ramo da gastronomia para 2023. Confira!

atualizado 14/09/2022 17:11

coquetéisUnsplash

O ramo gastronômico é permeado por novidades. Todos os anos, novas ideias são difundidas ao redor no mundo e no Brasil, trazendo o aprimoramento do conhecimento culinário por meio de diferentes tecnologias e conceitos.

Para 2023, não poderia ser diferente: a WGSN, uma empresa que trabalha com previsões de tendências de consumo, divulgou o que deve bombar no próximo ano. As novidades foram publicadas pelo FoodLab. Confira quais são:

Pimenta-de-sichuan

Ela é pouco conhecida no Ocidente, mas muito importante na culinária chinesa. Integra o condimento conhecido como cinco-perfumes-chineses. O sabor é picante e aromático. No paladar, ela provoca dormência, tal como um jambu.

Aromas cítricos

As notas cítricas trazem como principais características o frescor, leveza e limpeza. Além disso, são leves, voláteis e garantem uma sensação de refrescância. Na gastronomia, podem ser utilizados na finalização de pratos e drinques.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

Marshmallow tostado

O sabor de infância ou de “acampamento com fogueira” pode vir com essa tendência. Embora possas comê-los ao natural, sem assar, é fato que os marshmallows feitos dessa forma podem ter um sabor nostálgico. Além disso, diversas sobremesas podem ser feitas com o ingrediente.

Romã

A romã é uma fruta de origem asiática, da região que vai do Irã ao Himalaia no norte da Índia, cultivada há séculos em toda a região do Mar Mediterrâneo. O consumo dela traz diversos benefícios, como ações anti-inflamatórias e antioxidantes, equilibra funções neurais, diminui o risco de câncer, ajuda no equilíbrio da flora intestinal e fortalece o sistema imunológico.

Mais lidas
Últimas notícias