Assados do Fred serve cortes de raças nelore e angus em dois endereços

Menu conta com carnes assadas na parrilla, empanadas bolivianas com massa folhada e deliciosos legumes defumados

atualizado 26/04/2022 15:36

Fred Cintra/Divulgação

Sou adepta do bom churrasco. Embora venha tentando consumir menos carne bovina nos últimos meses, reconheço que às vezes bate um desejo grande por um naco mal passado, com aquele defumado que só uma churrasqueira é capaz de proporcionar. Nos últimos dias, vinha nutrindo esta vontade e me lembrei do Assados do Fred, restaurante dedicado a este tipo de cocção, inaugurado em outubro de 2021 na 302 Sul.

“Nada abre tanto o apetite quanto a comida sendo cozida sobre fogo ao ar livre”. A frase do mestre do churrasco Francis Mallmann guia o trabalho de Frederico Barros, que se viu quase sem saída durante a pandemia com a morte do sócio por Covid-19 o fechamento da empresa que fornecia utensílios para eventos.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Em fevereiro de 2021, ao lado da esposa Andi, ele adotou a entrada da 306 Sul como local de trabalho, assando carnes das raças angus e nelore. O novo negócio agradou ao público do local e ganhou robustez com o novo endereço, que conheci no último domingo.

O que tem pra comer?

O menu não é muito extenso, mas guarda delícias como as empanadas (R$ 15) preparadas por um boliviano que mora em Brasília. A massa é diferente da versão argentina e me lembrou a da esfiha folhada do BSB Grill. Há duas opções de recheio, de porco assado durante várias horas e depois desfiado, e a de costela com cheddar. Não sei escolher qual delas é a melhor. Na dúvida, peça as duas.

Também provei o pão de alho com queijo, que vem recheado pelo creme da Oh, My Garlic (R$ 25). A marca local chegou ao mercado há poucos anos com este produto multiuso e vegano; e já lançou algumas versões como a de ervas finas e a de pimenta.

Como o meu foco era a carne, não me excedi muito nas entradinhas nem nos sanduíches, como o choripan (R$ 29,90) e o com brisket elaborado por 12 horas (R$ 29,90). Passei logo para os cortes assados. Parêntese para dizer que a carne servida na casa não passa por congelamento, é fresquinha, fresquinha.

Escolhi o ancho (R$ 85) e o chorizo (R$ 75) com cerca de 350 gramas, ambos de angus. O segundo veio um pouco fora do ponto que eu pedi, mas estava bem macio e ainda suculento. Já no segundo o ponto estava perfeito em todos os sentidos. A casa tem ainda o assado de tira e o Tomahawk, que eu vou querer provar numa próxima visita.

Frederico Barros, do Assados do Fred

Para acompanhar, pedi a farofa de bacon com alho (R$ 22), a mandioca cozida (R$ 18) e os deliciosos legumes orgânicos assados na parrilla, que chegam à mesa regados com azeite e salpicados com o rub (tempero seco) criado pelo Fred.

De sobremesa, a casa oferece a banana nanica assada na parrilla, recheada com doce de leite, flor de sal e farofa de castanha de caju. Outra opção é a panqueca de doce de leite, que é prensada na mesa do cliente com uma chapa quente, para caramelizar o açúcar que vem por cima. Uma experiência para quem gosta de produzir vídeos para as suas próprias mídias sociais.

No mais, devo dizer que o ambiente é bem despojado e arejado, tendo em vista que o salão é aberto em uma das laterais, frente e fundos. Achei o preço bem justo pela comida servida. Como era um dia de evento, com a capacidade expandida para o jardim da quadra, o atendimento ficou um tantinho atrapalhado, apesar de atencioso. Mas, no geral, a casa da 302 Sul vale a visita. Eu vou voltar.

Assados do Fred
CLS 302, bloco C, loja 2. Funciona de quartas e quintas, das 11h30 às 15h; sextas, das 11h30 às 15h e das 18h às 23h; sábados e domingos, das 11h às 16h. Telefone: (61) 3877-8939. Instagram: @assadosdofred

Mais lidas
Últimas notícias