Jogador da NFL é preso por uso de auxílio de Covid-19 em cassino

Josh Bellamy é suspeito de participação em esquema de US$ 24 milhões em empréstimos ilegais. Só a empresa dele teria recebido US$ 1,2 milhão

atualizado 11/09/2020 10:34

Hannah Foslien/Getty Images

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos prendeu o jogador da NFL, Josh Bellamy, após acusação de participação em esquema de US$ 24 milhões para receber empréstimos ilegais do auxílio financeiro devido à pandemia do novo coronavírus. A informação foi divulgada pela ESPN americana.

O jogador de 31 anos foi acusado de cometer três crimes: queixa criminal de fraude federal, fraude bancária e ainda conspiração para fraude eletrônica e bancária. Bellamy teria recebido US$ 1,2 milhão em empréstimos para sua empresa Drip Entertainment LLC.

A Justiça norte-americana acusa o jogador de ter gsatado US$ 62 mil em um cassino. Além disso, teria comprado US$ 104 mil em bens de luxo, como peças das marcas Dior e Gucci, além de joias.

A prisão de Bellamy coincide com sua dispensa do New York Jets, que ocorreu na última terça-feira. O jogador está com uma lesão no ombro e ficou fora dos planos para a temporada.

Vídeos
Últimas notícias