IZA “responde” a Mourão: “Não existe racismo? O nome dele é João Alberto”

A cantora fez um duro discurso durante seu show no projeto Devassa Encontros Tropicais

atualizado 22/11/2020 7:55

IZADivulgação

A cantora IZA fez um duro discurso contra o racismo, na noite desse sábado (21/11), durante a live Devassa Encontro Tropicais. A artista lembrou a brutal morte de João Alberto Silveira Feitas, de 40 anos, que foi espancado por seguranças de uma unidade do Carrefour, em Porto Alegre (RS), na última quinta (19).

A artista aproveitou, durante sua fala, para responder ao vice-presidente, Hamilton Mourão, que declarou publicamente “não existir racismo no Brasil”.

“Como é possível que não exista racismo? O nome dele é João Alberto Silveira Freitas, brasileiro, 40 anos, pai de 4 filhos. Ele tinha direito à vida assim como cada um de nós”, afirmou IZA.

A artista também disse que nada justificaria a morte de mais um homem negro e deixou seu recado: não irá desistir de lutar.

“Nós vamos seguir, superar e cantar nossa história, apesar e para além do racismo. A música é uma forma de celebrar a vida e as vitórias, mas também um lugar de cura”, colocou.

Pelo Instagram, IZA reforçou sua indignação.

“Chega! Nós não vamos nos calar! E assim como todos os outros que já se foram, João Alberto, sua partida não foi em vão. Nós permanecemos lutando e contando a nossa história”, enfatizou.

Veja o vídeo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por IZA (@iza)

Últimas notícias