MimoBar terá endereço fixo na Asa Norte a partir de 2021

Empreendimento itinerante vai inaugurar ponto fixo com conceito de casa-bar, com drinques e programação cultural

atualizado 22/12/2020 17:22

Chega de despedidas! O MimoBar, empreendimento itinerante que é sucesso entre o público jovem, terá um cantinho da cidade para chamar de seu. Depois de ocupar diversos pontos de Brasília em formato de temporadas, o empreendimento abrirá a Casa MimoBar, na 205 Norte, sem data para acabar.

O endereço é o mesmo onde funcionou o Espaço Cena, teatro que marcou gerações e se tornou símbolo de uma das quadras mais charmosas do centro de Brasília.

“Começamos no terreno baldio da 105, migramos para o gramado da Funarte, passamos pela Piscina de Ondas, como base do projeto Ocupação Contém. Voltar para a Asa Norte, desta vez num ponto fixo, não deixa de ser uma redenção depois de um ano tão difícil”, conta Lucas Tobias, um dos sócios da nova casa.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, o projeto não ocorreu em 2020.  O plano é abrir entre fevereiro e março de 2021, com capacidade reduzida de público. “Gostaríamos de abrir somente após a vacinação em massa mas, enquanto isso não acontece, vamos abrir aos poucos, para que um dia possamos brindar a volta da vida ao normal”.

Além do bar, os sócios pretendem manter o espaço da galeria do Cena, a fim de preservar a vocação cultural do local. “Continuaremos com uma curadoria para receber artistas visuais em exposições temporárias, além de um espaço próprio onde farei minhas instalações, que têm sido bastante apreciadas pelo público em todos os lugares por onde a gente passa”, adianta Sandro Biondo, cenógrafo e idealizador do projeto.

0

A produtora e empresária Ana Julia Melo, que também é sócia da marca, conta que a escolha de ambientar o espaço como uma casa ocorreu para que o público se sinta ainda mais à vontade.

“Nas temporadas, o Mimo sempre foi a segunda casa de muitos dos nossos clientes, que nos frequentam duas, três vezes por semana. Pensamos em levar essa relação íntima ao extremo. A Casa MimoBar terá ambientes que farão referência a varanda, sala de estar, sala de jantar, área íntima, e até um quintal”.

Instagramável , retrô e com a cara de Brasília

A pesquisa para decorar o empreendimento está levando os sócios a um verdadeiro inventário do mobiliário do brasiliense.

“Estamos trabalhando apenas com móveis de segunda mão, de antiquário e com ênfase nas décadas de 1960 a 1990. O fato de comprar de lojas de móveis usados tem um significado estético duplo: dá a noção de casa e conforto que queremos e também ressalta o fato de aqueles móveis já terem feito parte da história de alguém. Esses móveis já foram de algum apartamento, de alguma casa, de alguma quitinete da cidade. Eles trazem consigo o registro do seu tempo”, observa Biondo.

Além de ocupar o espaço com os elementos de uma casa, dividindo os ambientes interno e externo em estilo eclético para receber o público, a Casa MimoBar manterá também a programação que atraiu o público desde que abriu seu primeiro contêiner, em 2017.

A programação contará com exposições de artistas locais, pocket shows, lançamento de livros e publicações, feiras, encontros e eventos de moda, design, gastronomia e demais atividades da cultura urbana.

Últimas notícias