*
 

Após o desabamento de parte do viaduto da Galeria dos Estados, na área central de Brasília, outras estruturas no Distrito Federal estão sendo alvo de vistoria para evitar novos incidentes. Na quinta-feira (15/2), a Ponte das Garças, sobre o Lago Paranoá, também passará por um “check-up” e será monitorada.

Segundo o diretor do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), Márcio Buzar, profissionais do DER, Novacap e Defesa Civil vistoriaram as outras três principais pontes de Brasília: Ponte do Bragueto, que liga a Asa Norte ao Lago Norte e dá acesso à BR-020, Honestino Guimarães e a Ponte JK.

Todas elas foram citadas em relatórios de alerta elaborados pelo Tribunal de Contas do DF (TCDF) e de entidades ligadas ao setor da construção civil desde 2009.

“Após vistoria, a Ponte das Garças também deve receber os sensores de monitoramento“, disse Buzar nesta quarta (14), ao Metrópoles.

Viaduto
Enquanto uma equipe vistoria as pontes, outra trabalha das 7h às 23h, diariamente, para finalizar o escoramento do viaduto que desabou, e as alças dos desvios do Eixão Sul, na altura da Galeria dos Estados. A ideia é de que já nesta quinta (15) tudo esteja concluído e o tráfego de veículos e de pessoas liberado a partir das 6h.

Agência Brasília

 

Com o escoramento, engenheiros da Universidade de Brasília (UnB) poderão recolher amostras do concreto e dos vergalhões e levar o material para análise em laboratório. Só após os resultados, que devem sair em uma semana, será possível definir se o viaduto passará por recuperação ou se terá de ser demolido e reconstruído.

 

 

COMENTE

NovacapDEREixãodesabamentoponte das garçasviadutoGaleria dos Estados
comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito