PCDF: estudante desaparecido da UnB comprou passagem para Goiânia

Caso está sendo apurado pela Delegacia de Repressão a Sequestros (DRS). Noel adquiriu bilhete de ida para a cidade goiana e não deu notícias

atualizado 21/06/2019 18:00

Arquivo Pessoal

Investigações sobre o desaparecimento do estudante Noel Lino Lima, 18 anos, apontam que o rapaz pode ir ido a Goiânia (GO). A família está à procura do universitário desde a última terça-feira (18/06/2019), quando ele disse que iria para a Universidade de Brasília (UnB), onde cursa administração, e não voltou para casa.

O caso está sendo apurado pela Delegacia de Repressão a Sequestros (DRS). Segundo a PCDF, uma amiga da família foi até a casa do jovem e verificou que Noel havia feito pesquisas sobre passagens de ônibus para Goiânia no computador.

0

Foi constatado que, no dia do desaparecimento, o rapaz foi até a Rodoviária Interestadual e comprou passagem de ida para a capital goiana, com previsão de chegada à 0h20 de quarta-feira (19/06/2019). Dados do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) atestam que Noel utilizou o metrô para ir até o terminal, por volta das 19h14.

De acordo com a polícia, “o desaparecido não possui aparelho celular, não levou o cartão do banco e não entrou em contato com nenhum familiar”.

Preocupação

“Hoje, a polícia nos informou que irá pegar as imagens de câmeras de segurança da Rodoviária Interestadual”, explicou Noelma Borges, irmã do estudante. Desesperada, ela tenta achar uma razão para a ida do rapaz até a cidade, tendo em vista que a família não tem contatos lá. “O único parente que temos é em Formosa (GO). Ele nunca nem tinha ido para Goiânia, não tem explicação”, desabafou.

A irmã acredita que Noel pode ter ido com outra pessoa, pois ele não tinha dinheiro para comprar as passagens. “A polícia vai ver a lista de passageiros para ver quem estava sentado do lado dele e conferir se ele desceu em Goiânia mesmo”, destacou.

Segundo Noelma, o acadêmico tem uma boa relação com a família. No entanto, frisou que, na semana do desaparecimento, ele demonstrava ansiedade. “Mesmo assim, perguntei se estava tudo bem e ele disse que sim”. A conhecida da família que está em contato com a PCDF informou que o rapaz “apresentava comportamento um pouco diferente, com o pensamento longe e disperso,” há cerca de uma semana. Ela também comentou que, na quarta-feira, 12 de junho, Noel fez um percurso parecido com o do dia do desaparecimento.

“Estamos sem chão, esperando e confiando em Deus”, ressaltou Noelma. Ela relatou que, após a divulgação do caso, a mobilização pela procura do jovem aumentou.

A irmã tem compartilhado fotos do universitário em diversos grupos do Facebook. Na comunidade São Sebastião Oficial – DF, a publicação alcançou 4,3 mil compartilhamentos. Imagens de Noel também foram divulgadas em páginas da UnB e de regiões como Sobradinho, Riacho Fundo e Águas Claras.

Saiba como ajudar

No dia do desaparecimento, Noel usava mochila, calça preta, casaco e tênis branco. Quem tiver alguma notícia do rapaz pode ligar no número 197 da Polícia Civil; no (61) 3207-8331, telefone da 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião), onde está registrada a ocorrência; ou no número de Noelma Borges, irmã do jovem: (61) 99235-9451.

Últimas notícias