Paciente do DF com coronavírus permanece em estado grave no Hran

Mulher de 52 está internada no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) desde 6 de março de 2020, após confirmar infecção do coronavírus

atualizado 16/03/2020 14:00

A paciente infectada com o novo coronavírus que está internada no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) permanece em estado grave. A informação é do boletim médico divulgado pela Secretaria de Saúde do DF no início da tarde deste sábado (14/03).

A mulher, de 52 anos, foi o primeiro caso confirmado do Covid-19 na capital do país. Ela está isolada na unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hran, sedada, e apresenta “síndrome respiratória aguda severa”. A paciente está sem febre. A advogada ainda tem comorbidades (outras doenças), que agravam o quadro clínico, de acordo com a pasta.

Segundo a Secretaria de Saúde, a paciente está sob cuidados intensivos da equipe multidisciplinar e de todo suporte técnico-científico.

A mulher começou a apresentar os sintomas em 26 de fevereiro, mas somente deu entrada no pronto-socorro do Hospital Daher, no Lago Sul, no dia 4 de março, com febre, tosse e secreções.

No dia seguinte, a paciente foi transferida para o Hran, unidade de referência para casos da doença no DF. Por causa da ida da mulher para a UTI do centro de saúde, na sexta-feira (06/03), o andar onde funcionam 10 leitos de terapia intensiva foi esvaziado para recebê-la.

Casos confirmados

cinco casos confirmados de coronavírus no DF. O esposo da mulher internada do Hran também está com a doença. Depois de decisão judicial, ele permanece em isolamento domiciliar.

Na noite dessa sexta-feira (13/03), o vice-presidente de Embaixadas e Consulados do Flamengo, Maurício Gomes de Mattos, testou positivo na contraprova para contaminação por coronavírus.

Neste sábado (14/03), outros dois casos foram confirmados. Um homem de 51 anos, argentino, fez exames no Hospital Sírio Libanês e testou positivo para a doença.

Ele estava na Europa e chegou no último domingo (07/03) ao Brasil. Fez o exame porque sentiu alguns sintomas do Covid-19. O argentino, que mora no DF, está em isolamento domiciliar.

O outro paciente tem 46 anos e veio da França no início deste mês. Após realizar o teste no Hospital São Mateus, no Cruzeiro Velho, também testou positivo e está isolado em casa.

Últimas notícias