BRB Mobilidade abre processo contra uso indevido de bilhetagem automática

Usuários do transporte público alvos do procedimento terão o prazo de 10 dias úteis para interpor defesa

atualizado 25/01/2021 19:34

O BRB Mobilidade anunciou, nesta segunda-feira (25/1), a abertura de processo administrativo para análise de possíveis utilizações indevidas de cartões concedidos pela Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob).

Dessa forma, notifica os usuários do Sistema de Transporte Público Coletivo do Distrito Federal (STPC) desde o início do procedimento.

Os usuários poderão interpor defesa prévia no prazo de 10 dias úteis, contados a partir da publicação no Mezanino BRB Mobilidade, localizado na Estação Rodoviária do Plano Piloto.

De acordo com a publicação, posteriormente, será informado o valor do dano causado pelo uso indevido do cartão, o qual deverá ser ressarcido ao GDF.

O comunicado reforça que o processo prosseguirá, independentemente do comparecimento do usuário.

Veja a lista:

0

Por outro lado, O BRB informa que os citados foram previamente notificados a apresentarem defesa. Assim, tendo em vista que até o momento não procuraram anexar provas e defesa, o processo seguirá o trâmite normalmente, acarretando a suspensão temporária do benefício. Veja:

Já os demais usuários poderão interpor recurso na Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob), localizada no SAIN – Setor Áreas Isoladas Norte – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Sul.

Últimas notícias