Celebridades, subcelebridades e tudo sobre televisão de maneira ácida e divertida.

Novas provas do caso de agressão contra Henri Castelli são reveladas

Os empresários Bernardo Malta e Guilherme Accioly, acusados de agredirem o ator Henri Castelli, serão intimados pela Justiça

atualizado 19/03/2021 14:09

Henri CastelliReprodução

O Ministério Público de Maceió (AL) ofereceu denúncia contra os empresários Bernardo Malta e Guilherme Accioly, acusados de agredirem o ator Henri Castelli em dezembro do ano passado. As informações são do UOL.

A juíza recebeu o documento e, agora, eles serão intimados. Os dois terão 10 dias para apresentar a defesa, contados a partir do recebimento da intimação, via WhatsApp por conta da pandemia. Depois disso, uma audiência poderá ser marcada.

0

Castelli, mesmo sem precisar, deve ir à Maceió prestar depoimento. Segundo o advogado do ator, Marcelo Marcochi, a decisão acontece para que “a juíza tenha contato direto com a vítima para que ela perceba a sinceridade nas palavras dele”.

Marcochi anexou novas provas ao processo com o objetivo de desmentir a versão dos acusados, legítima defesa. No Balanço Geral, da Record, Bernardo Malda havia mostrado uma fotografia com o olho vermelho afirmando que teria sofrido agressões de Castelli.

O advogado de Castelli, por sua vez, juntou ao processo uma imagem publicada por Malta no Revéillon de 2021 sem as marcas. A briga com Henri ocorreu no dia 29 de dezembro. Além disso, Marcochi afirma que anexou declaração do oftalmologista que atendeu o empresário, na qual é negada a existência da lesão.

Últimas notícias