Advogado contesta versão de Henri Castelli ao Fantástico: “Fantasiosa”

Lucas Doria, advogado de defesa de Bernardo Malta e Guilherme Aceoli, disse que Henri já contou quatro versões do ocorrido

atualizado 18/01/2021 19:49

reprodução

Depois da entrevista concedida por Henri Castelli ao Fantástico, contando como se deu a agressão que teria sofrido no final de 2020, o advogado de defesa dos homens acusados pela agressão, Lucas Doria, contestou a versão dada pelo ator. “É algo sem pé nem cabeça, fantasioso”, sustentou Lucas.

A confusão teria começado após uma conversa entre o ator e Bernardo Malta, dono da casa noturna em que o ator estava antes de se dirigir para outra festa, onde aconteceu as agressões.

De acordo com o depoimento dado por Bernardo para a polícia, Henri teria reclamado da festa com palavras de baixo calão, feito gestos obscenos e tentado lhe dar um soco. Nesse momento, o ator teria acertando o olho de um amigo de Bernardo, que então revidou. O amigo em questão se chama Guilherme Aceoli, corretor de imóveis e lutador de jiu-jitsu.

O Guilherme contou ao delegado que quando deu o soco no Henri, ele não virou as costas e foi embora, ele foi para cima. Eles caíram no chão e foram separados. O Henri mesmo fala na entrevista que foram cinco segundos. Do soco ao chão dá uns cinco segundos, seria basicamente isso. Não foi nada arquitetado. Eles brigaram entre eles”, defendeu Lucas.

0

O advogado ainda comentou algumas contradições do artista.  “Primeiro ele falou nas redes sociais que tinha machucado a mandíbula na academia. Depois ele disse que estava sentado na festa mexendo no celular quando foi agredido. Na polícia, quando ele foi ouvido dois dias depois do fato, ele disse que não lembrava de nada. Já ontem, no Fantástico, ele chorou muito, mas já não fala mais que estava sentado e foi agredido por trás, ele mudou a história de novo. Ele disse que chegou a Barra de São Miguel e o dono da festa em que ele estava não gostou do fato dele ter saído da festa cedo. É algo sem pé nem cabeça, algo fantasioso e a quarta versão que ele conta do fato. Fica estranho”, opinou.

Últimas notícias