Dicas de exercícios e alimentação para viver uma vida saudável e sem neura

Saiba qual é o melhor exercício para mulheres com sobrepeso

A modalidade reduz a ansiedade e favorece o emagrecimento, além de melhorar a capacidade funcional e a saúde vascular

atualizado 12/08/2022 17:16

Foto colorida. Uma mão está na barriga e outra, tem um pesoOndacaracola Photography/Getty Images

Estamos todos em busca de boa forma e saúde. Na hora de escolher a modalidade de treino ideal, no entanto, muitas dúvidas costumam surgir. Para mulheres acima do peso, por exemplo, qual é o exercício mais indicado?

Minha dica são os treinos com peso, a exemplo da musculação. Eles reduzem a ansiedade e favorecem o emagrecimento, além de te ajudarem a melhorar a capacidade funcional, o perfil lipídico, a energia sexual e a saúde vascular.

E engana-se quem pensa que é preciso “se matar” na academia para alcançar resultados satisfatórios. Um estudo realizado por Sarah Scarin em 2018 confirmou isso.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

O levantamento dividiu 40 mulheres com sobrepeso em dois grupos e comparou 10 sessões de treino com dois tipos de execução diferentes. Foram eles:

Grupo execução lenta
As mulheres fizeram leg press e cadeira extensora, com cadência de seis segundos e cinco segundos (tempo total de cada repetição), respectivamente. A carga inicial foi de 50% de uma repetição máxima, reduzida gradualmente em 20% para cada sessão.

Grupo execução normal
Fizeram os mesmos exercícios, mas o grupo de mulheres realizou o movimento no tempo menor de cadência e com 80% de uma repetição máxima (peso maior).

Conclusão
Todas as mulheres avaliadas tiveram aumento de força. Contudo, o grupo que fez repetições com uma cadência maior, “execução mais lenta”, teve melhora significativa nas dores no joelho e sentiu redução na sensação de cansaço.

Ou seja, treinos com repetições lentas são feitos com cargas mais confortáveis, geram ganhos de força, percepção reduzida de dor nos joelhos e menos incômodo físico/psicológico. Lembrando que menos incômodo gera mais facilidade de continuar os treinos.

Em resumo, aposte na musculação e vá no seu ritmo, respeitando os sinais do próprio corpo.

 

Mais lidas
Últimas notícias